MAP SM le Roi adresse un discours à la Nation à l’occasion du 22ème anniversaire de la Fête du Trône (Texte intégral) GNA Sandema Hospital holds staff durbar GNA COVID-19; Group commends Health Minister’s efforts in fighting the pandemic AGP COVID-19: Don’t deny non-masked patients health care-Medical Officer AGP Kindia-Examen du CEE: 12554 candidats dont 5683 filles répartis dans 42 centres AGP Matam-Examen du CEE : 5.835 candidats dont 3122 filles répartis dans 13 centres AGP Gueckédou-Administration : Passation de service entre les sous-préfets sortant et entrant de Koundou Léngo Bèngou AGP Mamou-Education : 14 458 candidats à l’examen de fin d’étude élémentaire  dont 7 012 filles dans la région AGP Boké-Education : 12.620 candidats dont 5.749 filles au compte du CEE AGP Matoto-Education : Lancement des épreuves de l’Examen d’entrée en 7eme année session 2021

Caju/ONG SHELTER FOR LIFE melhora cadeia de valores da castanha


  9 Avril      9        Agriculture (2229),

   

Bissau, 09 Abr 21 ANG – A Organização Não governamental Shelter For Life, através do projecto sub regional LIFFT CASHEW está empenhada na assistência à rede integrada de comércio regional de caju, no sentido de melhorar suas cadeias de valores na Guiné-Bissau, Gâmbia e Senegal.

A revelação foi esta sexta-feira feita à ANG por Sikes Gomes, responsável de Seguimento e Avaliação da referida ONG que opera no país desde Maio de 2019.

ʺA ONG tem por missão criar infra-estruturas duráveis, aumentar acesso a serviços, organizar e formar pequenos produtores para aumentarem seu poder de produção e negociação e também desenvolver capacidade dos processadores locais para acrescentar valor à amêndoa de caju nas zonas de produção da África Ocidental”, explicou.

O projecto que conta com o financiamento de Departamento de Agricultura dos Estados Unidos de América (USDA), intervém nas regiões de Cacheu, Oio e Biombo com objectivo de melhorar, desenvolver e reforçar as principais ligações de mercado, facilitar acesso a serviços financeiros agrícolas, melhorar a produtividade dos pequenos produtores de caju e aumentar o acesso à informação essencial do mercado.

Aquele responsável informou que, a nível das infra-estruturas, a ONG SHELTER FOR LIFE já construiu 47 quilómetros de pistas rurais dos 65 preconizadas na Guiné-Bissau.

Sikes Gomes afirmou que o principal parceiro de Shelter For Life é o governo da Guiné-Bissau, através dos seus responsáveis do poder local que estão nas regiões tendo como público-alvo, os pequenos produtores, processadores de caju reagrupados em cooperativas.

ʺEstamos a dar formação aos produtores a nível de cooperativos sobre como podem fazer uma produção mais rentável, uma produção biológica e não usar fertilizantes, como usar as técnicas e tecnologias que são usadas nos dias de hoje para poderem fazer uma produção que seja aceite quando chega ao mercado”, explicou.

Sedeado na Rua Vitorino Costa, em Bissau, o projecto LIFFT CASHEW apoia os agricultores desde a plantação até a fase de exportação da castanha de caju.

Dans la même catégorie