ACP Parution à Kinshasa d’un ouvrage sur l’esprit d’entreprise à l’entrepreneuriat ACP Le ministre d’Etat Rubota pour la desserte des quartiers Urbano- Rural de Ngaliema en eau potable ACP La coopération entre le Japon et la RDC essentiellement basée sur la relance de l’économie ACP 3ème Forum économique et d’affaires Turquie-Afrique : Denise Nyakeru Tshisekedi plaide pour un leadership féminin ANG Presidente da República anuncia inauguração de quatro substações no país em dezembro deste ano ANG Ministro garante que está empenhado na criação de condições para início em Janeiro do próximo da exportação do pescado ANG Coletivo de advogados pede Ministério Público para pronunciar sobre detenção dos líderes sindicais ANG São Tomé e Príncipe acolhe em Novembro a II edição da Cimeira de Negócios da CE-CPLP ANG Vinte e cinco agentes aduaneiros recebem formação sobre técnicas de combate ao contrabando e fraude fiscal ANP Entretien à Niamey entre le Chef du Gouvernement Nigérien Ouhoumoudou Mahamadou et une délégation du Conseil de Sécurité de l’ONU

Cesária Évora e fadista Amália Rodrigues homenageadas com concerto ao vivo “Fado & Morna”


  13 Septembre      36        Arts & Cultures (1792), Musique (303),

   

Cidade da Praia, 13 Set (Inforpress) – O Centro Cultural Cabo Verde, Jardim da Amália e a Fundação Amália Rodrigues, promovem no próximo dia 18 um concerto ao vivo ““Fado & Morna” em homenagem à Cesária Évora e à fadista portuguesa Amália Rodrigues.

De acordo com uma nota de imprensa, este espectáculo vai celebrar o fado e a morna e tem como objectivo homenagear a fadista Amália Rodrigues e a cantora Cesária Évora, ambas falecidas.

Conforme a nota, o evento, que será realizado ao ar livre, no Jardim d’Amália, na Fundação Amália Rodrigues, conta com a participação das cantoras Cremilda Medina e de Célia Leiria.

“Na feliz coincidência de partilharem a Rua de São Bento, é com a união da Fundação Amália Rodrigues e do Centro Cultural de Cabo Verde que nasce o desejo de desenvolver um espectáculo que une, num formato acústico, o fado e a morna”, lê-se na nota.

De acordo com a mesma fonte, esta iniciativa visa celebrar não só a música portuguesa e cabo-verdiana, mas também a cultura de ambos os países, e será preenchido com a leitura de poesia cabo-verdiana e portuguesa.

A nota informa ainda que serão expostas peças do acervo de Amália e de Cesária por forma a “enriquecer esta viagem cultural”.

Cesária Évora nasceu a 27 de Agosto de 1941 na cidade de Mindelo, na ilha de São Vicente. Filha de Justino da Cruz Évora, tocador de cavaquinho e violão e de dona Joana. A cantora é considerada a “embaixadora da morna”, tendo editado 24 discos, entre originais, ao vivo e em parceria com outros artistas de vários países.

A 17 de Dezembro de 2011, Cesária Évora, conhecida como a Diva da Morna faleceu aos 70 anos, deixando Cabo Verde e o mundo consternado com a sua morte, na mesma cidade que a viu nascer e traçou-lhe o destino para a morna.

A 8 de Março de 2012, o Aeroporto Internacional de São Pedro em São Vicente foi renomeado para Aeroporto Internacional Cesária Évora.

Amália da Piedade Rodrigues nasceu na Rua Martim Vaz em 1920, na freguesia da Pena, próximo da Mouraria, em Lisboa e faleceu, na mesma cidade, a 6 de Outubro de 1999.

Foi uma fadista, cantora e actriz portuguesa, considerada o exemplo máximo do fado, comummente aclamada como a voz de Portugal e uma das mais brilhantes cantoras do século XX.

Tornou-se conhecida mundialmente como a Rainha do Fado e, por consequência, devido ao simbolismo que este género musical tem na cultura portuguesa, foi considerada por muitos como uma das suas melhores embaixadoras no mundo.

Dans la même catégorie