AIP Côte d’Ivoire-AIP/Une amicale d’enseignants investit son président à Adiaké AIP Côte d’Ivoire-AIP/Le secrétaire départemental du RHDP de Daloa offre des pagnes à 500 femmes AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Restitution d’une étude sur les migrations irrégulières à Daloa GNA 215 suspected criminals rounded up in post bullion Van attack GNA MTN FA Cup: Hearts, Kotoko secure round of 16 berth GNA LIGUE 2 : LE GFC ET LA LINGUÈRE MÈNENT TOUJOURS LA DANSE GNA L’ASSOCIATION SAINT-LOUIS JAZZ DEVIENDRAIT AUTONOME EN SE MUANT EN FONDATION (PRÉSIDENT) APS VIEUX FARKA TOURÉ DÉCOUVRE LE FESTIVAL DE JAZZ DE SAINT-LOUIS GNA Hearts cruise into round of 16 after thumping Windy Professionals GNA Education Minister inspects ongoing projects at Cape Coast Technical University

Comissão da CEDEAO lança II edição do Programa de Apoio à Pesquisa e Inovação


  1 Août      21        Technologie (426),

   

Cidade da Praia, 01 Ago (Inforpress) – Os pesquisadores de Cabo Verde podem candidatar-se, até ao dia 30 de Agosto, à II edição do Programa de Apoio à Pesquisa e Inovação (PARI) lançado pela Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO).
O PARI é um programa competitivo para promover a excelência científica que subsidia dois melhores projectos de pesquisa apresentados pelas equipas de pesquisa da região, através de candidaturas.
Segundo o regulamento do concurso a que a Inforpress teve acesso hoje, podem candidatar-se a este financiamento instituições de pesquisa ou laboratórios no Estado-Membro da CEDEAO, (Cabo Verde, Bénin, Burkina Faso, Côte d’Ivoire, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Libéria Mali, Níger, Nigéria, Senegal, Serra Leoa e Togo), que trabalham no campo da pesquisa em ciência, tecnologia e inovação.
O PARI tem como objectivos específicos o financiamento da investigação numa base competitiva de projectos de investigação que contribuam para a luta contra a pobreza e ter impacto no desenvolvimento da região, promover a mobilidade dos pesquisadores através do desenvolvimento de projectos regionais.
Apoiar laboratórios de pesquisa para fortalecer as suas capacidades (equipamento e conectividade), acesso à formação, contribuir para aumentar a capacidade dos jovens pesquisadores para garantir a próxima geração de cientistas das instituições de pesquisa dentro da região, são outros objectivos.
De acordo com o mesmo documento, este programa é implementado para responder aos “muitos desafios” do sector da investigação, nomeadamente, “obsolescência e degradação de equipamentos e infra-estrutura, baixa produção de pesquisadores, desenvolvimento programas de pesquisa regional”.

Dans la même catégorie