Ouverture à Paris du Forum mondial pour la souveraineté et l’innovation vaccinales MAP La désertification, une menace majeure pour la biodiversité de la Namibie (ministre) AGP Gabon/Les conclusions du Dialogue national inclusif : 2100 actions identifiées sur les 1000 recommandations AGP Chine-Afrique/FOCAC : Le président Oligui Nguema invité au 9ème Forum à Pékin AGP Diplomatie: La France veut accompagner le Gabon dans la préservation de sa forêt AGP Football/Infrastructures : Le stade d’Oyem pourrait être fonctionnel en 2025 AGP Football/Coupure d’électricité lors du match Gabon-Gambie : l’ONDSC veut faire la lumière sur l’incident ANP Hadj 2024 : Le COHO annonce le premier vol retour des pèlerins pour le vendredi 21 juin APS SENEGAL-ECONOMIE / La croissance économique projetée à plus de 10 % en 2025 (FMI) APS SENEGAL-ECONOMIE-ENERGIE / Subventions à l’énergie: plus de 1800 milliards sur les trois dernières années (FMI)

Comunicação social/ RENARC lança sua Plataforma Digital


  28 Mai      3        Médias (2921),

 

Bissau, 28 Mai 24(ANG) – A Rede Nacional das Rádios e Televisão Comunitárias da Guiné-Bissau(RENARC)  lançou esta manhã  sua Plataforma Digital, com objetivo de facilitar os serviços das mesmas.

Na ocasião, o Presidente da RENARC disse que as Rádios Comunitárias(RC) surgiram como um dos meios mais importantes para fazer ouvir a voz dos cidadãos nas localidades mais longínquas do país.

“Para nós como pessoas individuais e integradas em associações profissionais na defesa dos interesses específicos, o cidadão passa a ser um vínculo nas discussões dos problemas nacionais”, disse Demba Sanhá.

Aquele responsável asseverou que, as Rádios Comunitárias  têm-se revelada, como  um instrumento incontornável para produzir uma linguagem mais acessível e direta junto das comunidades em que está inserida, falando dos seus problemas dando a voz as suas preocupações e desejos respeitando as diversidades étnicas e fazendo que todas as pessoas se reconhecem delas.

Revelou que  o  acesso a Plataforma é aberto e fácil e os programas respeitam as prioridades dos interesses das diferentes camadas sociais, em particular as das mulheres e crianças.

Sanhá mostrou  que esta iniciativa é de permitir a RENARC expandir a sua linha de comunicação e de parceria com vista a dinamizar uma comunicação que sirva o cidadão comum em defesa dos direitos humanos e a cidadania ativa.

Garantiu aos parceiros que continuem a acreditar na RENARC que juntos podem criar mudanças positivas para o bem-estar das comunidades locais.

Em representação das Rádios Comunitárias( RC), Álvaro Da Silva enalteceu o crescimento das rádios comunitárias, frisando que vai evitar as intergerências das outras organizações em nome das RC, e agradeceu a  ajuda do projeto” Ianda Guiné Djuntu” e financiamento da União Europeia.

Em representação da União Europeia,  Carlos Abaitua disse que a Plataforma ora lançada vai facilitar as solicitações de serviços radiofónicos nas RC em todo o país e em todas as línguas locais.

Lembrou que os jornalistas desempenham  um papel crucial na verificação e divulgação da informação, formulando ideias e ampiliar as vozes marginalizadas e são observadores cruciais da sociedade.

“Entretanto   devem preservar qualquer ingerência  Estatal ou Privada, pois a independência profissional favorece conteúdos jornalísticos, éticos e baseados em factos reias”, salientou.

Dans la même catégorie