MAP L’ambassadeur de SM le Roi au Caire présente ses lettres de créance au Président égyptien MAP Kenya: huit corps retrouvés dans une décharge à Nairobi (nouveau bilan) APS AG de la FSF : le comité exécutif va proposer la date du 21 septembre (président) ANP Les leaders Arabes d’Agadez et Tahoua reçus par le Président du CNSP APS Acteurs politiques, société civile et universitaires planchent sur l’intégrité du système électoral APS Zone des Niayes : des producteurs listent les défis et proposent des solutions APS Le président Faye aborde les urgences sociales, la fiscalité, l’emploi, ses rapports avec le Premier ministre, etc APS AVC: un neurologue alerte sur les cas d’hospitalisations de sujets de plus en plus jeunes AIP La lutte contre la déforestation devrait s’inscrire dans un cadre de coopération sud-sud (Le président CESEC) MAP Niger : 22 terroristes « neutralisés » par l’armée dans l’ouest

Cooperação/Perdão de dívida por Espanha beneficia mais de 30 mil crianças e mulheres guineenses


  5 Juin      7        Coopération (2460),

 

Bissau,05 Jun 24(ANG) – Uma delegação espanhola concluiu terça-feira uma visita de dois dias à Guiné-Bissau, para avaliar o progresso do projeto financiado pelo acordo de troca de dívida feito por Espanha com o Governo guineense e o Programa Alimentar Mundial (PAM) das Nações Unidas.

O projeto está em curso desde 2022 com o propósito de prevenir a desnutrição aguda em mulheres, crianças e pessoas com HIV/Tuberculose e, no ano de 2023, este programa de prevenção e tratamento chegou a « 32.741 pessoas, incluindo 31.843 crianças e 607 mulheres », de acordo com os promotores.

A delegação espanhola, chefiada pelo embaixador de Espanha na Guiné-Bissau, Antonio González-Zavala Peña, visitou três centros de saúde na região de Oio, que tem a maior prevalência de atraso de crescimento do país (36,8%) e uma alta prevalência de desnutrição aguda (6,8%) em crianças menores de cinco anos.

O destino dos fundos da troca de dívida bem como a presença da delegação em Bissau são, para o embaixador espanhol, « mais uma prova do firme compromisso com a luta contra a desnutrição e a erradicação das consequências mais nocivas da pobreza entre as crianças ».

O Governo de Espanha concordou em libertar a Guiné-Bissau da dívida de 12 milhões de dólares, com a condição de que o país « invista 6,7 milhões de dólares para apoiar o PAM na luta contra a desnutrição.

« Atualmente, através deste programa, estamos a abordar várias questões de nutrição e segurança alimentar, prestando apoio aos necessitados, em especial às crianças. Muitas famílias não têm condições para fornecer uma alimentação adequada aos seus filhos e este programa tem desempenhado um papel crucial ao salvar a vida destas crianças », segundo o ministro da saúde da Guiné-Bissau, Domingos Malu.

Dans la même catégorie