MAP Crise humanitaire en RDC: L’ONU tire la sonnette d’alarme MAP Le projet du gazoduc Nigéria-Maroc, présenté à Tokyo APS Un tournoi de football en hommage l’ancien journaliste Salif Diallo APS Le Réseau de recherche et d’action pour la paix (RECAP) lancé à Dakar ANG Desporto-futebol/União Desportiva Internacional de Bissau vence por 3-1 ao FC de Cuntum e isola-se no comando da Guiness-Liga ANG Cooperação/Reino de Espanha promete doar à Guiné-Bissau um apoio orçamental no valor de cinco milhões de euros ANG Política/Partidos do “Espaço de Concertação” repudiam intervenção do Executivo em matérias reservadas ao “Governo legítimo” ANG Diplomacia/ Presidente do Senegal visita Guiné-Bissau na segunda-feira ANG CEDEAO/Presidente em exercício da organização defende introdução de eleição direta dos deputados pelo povo APS Fin des travaux de réhabilitation du stade Léopold Sédar Senghor  »dans 24 mois » (ministre)

David e Luís Levy Lima expõem “O Futuro é das Crianças” sexta-feira na Assembleia Nacional


  6 Juin      82        Arts & Cultures (2433), Arts plastiques (53),

   

Cidade da Praia, 06Jun (Inforpress) – “O Futuro é das Crianças” é o título de uma exposição de pintura de duas gerações de artistas plásticos cabo-verdianos que residem em Portugal (David e Luis Levy Lima) a ter lugar sexta-feira, 08, na Assembleia Nacional, Cidade da Praia.
O certame, conforme Luís Levi Lima numa exposição na rede social, é um projecto de tio e sobrinho cujo tema será Cabo Verde na sua generalidade, mas com um grande foco nas crianças e nos valores que estão na base da identidade cabo-verdiana que são a família, a cultura e a liberdade.
A origem da nova exposição, explica o artista, está a performance “Pintura ao Vivo” que foi protagonizado pelos dois artistas no Palácio da Cultura Ildo Lobo em 2017 e cujo valor reverteu para a instituição Gota d’Arte, uma associação que aposta na formação das crianças nas áreas de música, dança, teatro e artes plásticas.
“O evento do ano passado consolidou uma relação forte entre tio e sobrinho, permitindo a identificação de vários pontos em comum, desde temas, abordagens e projectos bem como valores e ideais”, escreve Luís Levi Lima.
A exposição irá exibir 30 peças dos artistas e estará patente ao público até 08 de Julho.
PC/CP

Dans la même catégorie