ANG Comunicação Social/CNOI qualifica de “incursão odiosa” contra o Presidente da República a nota de protesto do Sindicato dos Jornalistas Angolanos ACI Turquie/Politique: Le diplomate turc réitère la volonté de son pays à défendre la liberté des citoyens APS Le dialogue sera de mise entre le gouvernement et les syndicats d’enseignants, selon Moustapha Guirassy AIB Burkina : les jeunes du Nord invités à s’engager sans réserve dans la lutte anti-terroriste. ANG Política/Presidente da República marca eleições legislativas antecipadas para 24 de novembro MAP Le Maroc en mesure de produire jusqu’à 70% de ses besoins en médicaments (ministre) ACI Congo/Santé: Le gouvernement reçoit 230 mille doses de vaccin Bcg pour les enfants ACI Congo/Environnement: Les journalistes informés sur la gestion des écosystèmes ACI Congo/Education: Le taux de réussite aux baccalauréats techniques 2024 en hausse ACI Congo/Economie: Nécessité de renforcer la compétitivité de la chaîne de transport pour relever l’économie nationale

Economia/Missão da FMI em Bissau para fazer a sexta revisão do Programa Financeiro da instituição com a Guiné-Bissau


  19 Juin      12        Economie (21767),

 

Bissau 19  Jun 24 (ANG) – Uma Missão do Fundo Monetário Internacional (FMI), está em Bissau com objectivo de fazer a sexta revisão do Programa Financeiro daquela instituição com a Guiné-Bissau.

A informação foi avançada esta terça-feira pelo Chefe da Missão da avaliação do FMI para o país, José Gijon, a saída de um encontro com o Presidente da República.

Em declarações à imprensa, Gijon disse que as discussões entre as partes são muito construtivas  e vão continuando a apoiar os programas de reformas que actualmente a Guiné-Bissau está fazendo.

“Como sabem o FMI apesar de  se concentrar nas questões orçamentais, mas também trabalha no melhoramento da  governança da gestão das finanças públicas e se chegamos a um acordo vamos apresentar um relatório ao Conselho do Fundo Monetário Internacional lá para o final do mês de Agosto próximo”,explicou.

Segundo Gijon, uma vez que o relatório em causa fôr aprovado pelo Conselho do FMI ,espera-se que se faça um reembolso de aproximadamente 7 milhões de dólares, cerca de   4 biliões de francos CFA ao Orçamento Geral de Estado guineense, para apoiar os esforços das políticas das autoridades nacionais.

Dans la même catégorie