ACI Monde/Football: Le Maroc s’affirme comme une puissance mondiale, selon Gianni Infantino MAP La Côte d’Ivoire bénéficiera d’un projet de la FAO destiné à promouvoir une agriculture résiliente MAP Adaptation climatique de l’agriculture : M. Sadiki appelle à intensifier les efforts pour soutenir la recherche et l’innovation MAP Immigration irrégulière: 19 corps repêchés au large de la Tunisie AIP L’impact transformateur de l’intelligence artificielle dans le domaine des médias expliqué au cours d’une formation virtuelle AIP Eugène Dié Kacou dédicace son ouvrage « Mes meilleures CAN » AIP Le ministre Vagondo Diomandé sollicite le concours de l’Allemagne dans la lutte contre les fraudes documentaires MAP L’Afrique australe aux prise avec le phénomène El Nino et la sécheresse (rencontre) ACI Maroc/France: Darmanin se félicite de la qualité de la coopération sécuritaire des deux pays ACI Maroc/Football: Le Roi Mohammed VI félicite l’équipe nationale de futsal sacrée championne de la Can 2024

Educação/Ministro Mané diz que o foco do Executivo continua a ser cumprimento dos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável(ODS)


  21 Février      12        Education (7128),

 

Bissau, 21 Fev 23 (ANG) – O ministro da Educação Nacional, Ensino Superior e Investigação Cientifica disse esta terça-feira que o foco do Executivo continua a ser o cumprimento dos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável, que passa pela promoção de uma educação de qualidade, igualdade do género, emprego e trabalho docente.

Henry Mané falava hoje no acto da abertura do Workshop de Validação Técnica da Politica Docente da Guiné-Bissau até o ano 2030.
O governante disse que o documento em análise evidência uma necessidade de melhorar o desempenho do sistema educativo guineense,, que passa pelo recrutamento de um número significativo de professores, por forma a atingir os objectivos, melhorando o acesso e a qualidade do ensino primário até ao 2030.

“O trabalho que hora se apresenta para o efeito de discussão, validação e posterior definição dos próximos passos, visa identificar os principais entraves ao nosso sistema do ensino, nomeadamente, a formação inicial e contínua dos professores no país”, salientou.

Acrescentou que a morosidade no processo de recrutamento dos docentes, os atrasos nas aprovações orçamentais, o absentismo e as elevadas taxas de pobreza, as desigualdades em matéria da educação e as baixas taxas de alfabetização, em especial das mulheres, constituem outros entraves ao desenvolvimento do sistema do ensino.

Heri Mané frisou que, por isso apela aos ministros da Função Pública e das Finanças a colaborarem para a implementação da política em causa, a fim de melhorar a governação e a gestão dos recursos humanos afetos ao sistema educativo nacional.

Por seu turno, o representante interino do Fundo das Nações para as Crianças (UNICEF), entidade financiadora do projecto, Weslei Galt, disse que é crucial reconhecer que, sem os professores, a educação não pode prosperar e sem eles não há ensino.

Galt disse que o aleliê é um marco importante e significativo no compromisso com a educação e o futuro das crianças deste país.

“É imperativo que esta política assegure que as crianças de Boé recebam a mesma qualidade de educação que as do Sector Autónomo de Bissau, Biombo e Cacheu, e que esta politica ajude a atingir os objectivos preconizados através dos três eixos estratégicos que são: aperfeiçoar a qualificação dos docentes e permitir um, exercício do trabalho conforme as normas; revitalizar a profissão docente para garantir a qualidade e a pertinência”,afirmou.

Weslei Galt disse que o terceiro eixo passa por assegurar uma gestão eficaz e racional dos professores ou seja precisa-se de professores qualificados, motivados e apoiados em todas as escolas da Guiné-Bissau e diz que esta política oferece um roteiro e um quadro para alcançar o que considerou de importante objectivo até 2030.

O representante Residente interino do Unicef em Bissau reiterou, em nome dos parceiros da educação , o compromisso e a disponibilidade de continuar a apoiar o Ministério da Educação para que todas as crianças do país possam receber uma educação de qualidade e garantir que nenhuma criança seja deixada para trás.

No encontro com a duração de um dia, tomam parte o representante da UNESCO para os países do Shael Demitri Sanca, representante do ministro da Função Pública, técnicos da sociedade civil e do Ministério da Educação

Dans la même catégorie