MAP Affaire des soldats ivoiriens détenus au Mali: la mission de la CEDEAO rencontre le président de la transition APS UCAD : LA RENTRÉE UNIVERSITAIRE REPORTÉE AU 10 OCTOBRE APS UN HOMMAGE DE KIM JONG-UN À SADIO MANÉ ? NON, IL S’AGIT D’UNE VIDÉO DÉTOURNÉE ANP Restructuration de la commission de la CEDEAO : Les députés communautaires édifiés sur les prérogatives du parlement de la communauté dans ce contexte ANP Des progrès enregistrés dans la réalisation des cibles annuelles des livrables ‘’, rapport de suivi semestriel de l’action gouvernementale ANP Vers la refonte du régime des retraites des fonctionnaires au Niger ANP Echange à Niamey entre le président Mohamed Bazoum et la vice- administratrice chargée des Politiques et Programmes à l’USAID GNA Government ready to diversify tourism programmes to boost earnings-Minister GNA National Muslim Conference to pool resources to develop communities GNA Ghana needs 11bn cedis to fight terrorist attacks – Kan Dapaah

Estado Maior das Forças Armadas exorta os militares a não imiscuir nos assuntos politicos


  29 Novembre      27        Securité (2237),

   

Bissau,29 Nov 19)ANG) – O Chefe da divisão dos assuntos sociais e relações públicas do Estado Maior General das Forças Armadas advertiu a classe castrense a não imiscuir nos assuntos políticos, caso contrário o sujeito será castigado conforme gravidade da infracção cometida.

Quintino Napoleão dos Reis fez advertência esta quinta-feira, durante a visita dos 12º finalistas da Universidade Lusófona da Guiné ao Estado Maior General das Forças Armadas da Guiné-Bissau.

“Não devemos imiscuir na política. Somos apartidários, não temos partido e nem ala. Portanto, quem violar a lei tem que ser castigado conforme a gravidade da infracção que cometeu, ou mostrando ser indisciplinado, então, o seu lugar é no cemitério, como tinha avisado o chefe do Estado-maior, General Biague Na N´tan”, avisa Quintino.

O responsável disse ainda que, as Forças de Defesa e Segurança vão, assegurar igualmente a segundo volta das eleições presidenciais marcadas para 29 de Dezembro de 2019.

“Já passou a primeira volta das eleições presidenciais realizadas a 24 de Novembro de 2019, como tinham escutado de um comando único na Defesa e Segurança que foi constituído para assegurar as eleições, de igual modo, vamos fazer na segunda volta marcada para dia 29 de Dezembro deste ano”, assegurou o Chefe da Divisão

Dans la même catégorie