GNA Commonwealth Games: Ghana’s men’s quartet disqualification due to technical error – GAA GNA Commonwealth Games: Ghana’s men’s quartet disqualified for flouting rules GNA Commonwealth Games: Paul Amoah breaks Ghana’s 48-year medal drought in 200m GNA We have to take the corruption fight as a personal fight – GACC alerts GNA Youth urged to avail themselves for mentorship GNA Huawei, Ministry of Communications begin cyber security training Phase II GNA Religious and traditional leaders key to domestic tax mobilization-study GNA 2022 West Africa Development Outlook proposes increased sub-regional trade, structural transformation ACP Organisation en Belgique de la croisière « Le fleuve Congo s’invite en Belgique » ACP Les 16 pays de la SADC se conviennent de mutualiser les efforts pour la révolution industrielle

Federação Internacional de Natação contempla Erica Soares com bolsa de estudos


  2 Octobre      44        Sport (8348),

   

Cidade da Praia, 02 Out (Inforpress) – A nadadora internacional cabo-verdiana Érica Soares, que se encontra a frequentar estudos superiores no Senegal, foi contemplada com uma bolsa da Federação Internacional de Natação.
A informação foi confirmada pelo presidente da Federação Cabo-verdiana de Natação (Fecan), Avelino Bonifácio, na sua página na rede social Facebook, garantindo que a entidade internacional aprovou o pedido de bolsa, submetido há alguns meses.
“Foram meses de espera, com muita expectativa e ansiedade, mas que valeu a pena. Assim, a bolsa ora atribuída pela Federação Internacional de Natação, a pedido da Federação Cabo-verdiana de Natação, cobre todas as despesas de formação da Érica Soares no Senegal por um período de um ano”, escreveu Avelino Bonifácio.
Por outro lado, esclareceu que a Fecan só teve conhecimento da decisão da Érica Soares em iniciar a sua formação no Senegal depois de ela já lá estar, “pese embora uma certa notícia posta recentemente a circular, dando ideia de que ela enfrenta dificuldades por abandono”.
“Apesar da impossibilidade formal, nos termos da Lei de Financiamento do Desporto, da Fecan formalizar um pedido de bolsa ao Governo a seu favor, estivemos sempre empenhados em encontrar um apoio para ela”, explicou.
Em Setembro do ano passado, Érica Soares completou, num tempo de cerca de seis horas e meia o trajecto, em mar aberto, de Quebra Canela (Praia) à Cidade Velha (12 quilómetros), um percurso inédito na história da modalidade em Cabo Verde.
Na altura, o objectivo era precisamente conseguir apoio para continuar a treinar e formar-se em Educação Física, bem como reivindicar mais atenção para a modalidade.
Érica Soares competiu pela primeira vez na natação na prova de São Silvestre no Tarrafal e representou Cabo Verde nos primeiros Jogos Africanos de Praia, evento que decorreu no ano passado, na ilha do Sal.

Dans la même catégorie