APS PRIX FAAPA 2021 : L’AIP ET L’AGP COURONNÉES APS LE SALON ‘’MADE IN SÉNÉGAL’’, UN ESPACE ‘’MARKETING’’ POUR LES PRODUITS SÉNÉGALAIS, SELON SA PROMOTRICE APS LA CAF APPROUVE LE MONDIAL TOUS LES DEUX ANS ET LA SUPER LIGUE FERMÉE APS FIDAK : AMINATA ASSOME DIATTA SATISFAITE DU NIVEAU D’AVANCEMENT DES CHANTIERS DU CICES APS DÉMARRAGE DE LA 2ÈME ÉDITION DU GRAND CARNAVAL DE DAKAR APS LE JARAAF AUTORISÉ À RECEVOIR AU STADE IBA-MAR-DIOP APS UN INGÉNIEUR SOULIGNE L’IMPORTANCE DES DONNÉES DANS LA SOUVERAINETÉ NUMÉRIQUE APS KOLDA : MISE EN GARDE DU MÉDECIN-CHEF CONTRE L’AUTOMÉDICATION APS LANCEMENT D’UNE ÉTUDE DE VULNÉRABILITÉ AUX CHANGEMENTS CLIMATIQUES DANS LA RÉGION DE KAFFRINE APS LOUGA : LES ÉLEVEURS VEULENT UNE SOLUTION AUX DIFFICULTÉS DE LEUR SECTEUR

Fogo: Mais de 60 por cento da população activa de Santa Catarina encontra-se ocupada – INE


  26 Novembre      8        Société (36949),

   

Praia, 26 Nov (Inforpress) – A taxa de ocupação da população activa no município de Santa Catarina do Fogo, um dos mais pobres de Cabo Verde, é de 60,1 por cento (%), segundo dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE), de 2018.

De acordo com os dados estatísticos da população activa com idade superior a 15 anos, a maioria é do sexo masculino, 75,5%, e 44,3% do sexo feminino, sendo que a taxa de desemprego, em 2018, foi de 3,2%, registando um decréscimo de 4,3 pontos percentuais em relação ao ano de 2017, sendo maior nas mulheres, 3,8% do que nos homens que se situa em 2.9%.

A taxa de desemprego jovem (15 a 24 anos) caiu em 2018 para metade em relação a 2017, situando no final do ano passado em 5.5% quando em 2017 situava em 12.9%.

O município de Santa Catarina do Fogo, que celebra hoje o dia do seu município e da sua santa padroeira, conta com uma população residente de 5.265, correspondente a 14.9% da população da ilha do Fogo e um por cento da população de Cabo Verde, com uma tendência decrescente à semelhança da própria ilha, sendo que pouco mais de metade da sua população, 50.9%, é do sexo masculino e 49.1% do sexo feminino, e a média de idade é de 27.5 anos.

Ao todo o município dispunha no final de 2018 um total de 1317 agregados familiares mais 78 agregados que em 2017, sendo que 61.2% dos agregados são representados pelos homens e 38,8% pelas mulheres.

De acordo com os dados estatísticos, 31,9 % da população tem menos de 15 anos, 21,5% tem entre 15 e os 24 anos, 15,9% entre 25 e os 34 anos, 24.4% entre 35 e os 64 anos e 6,3% da sua população tem mais de 65 anos.

Na área da Educação, a taxa de alfabetização da população com idade superior a 15 anos é de 83.2%, menos um ponto dois pontos percentuais que em relação ao ano de 2017, sendo que a taxa de alfabetização é maior nos homens, 90.0% e menor nas mulheres, 76,3%.

Por sua vez a taxa de alfabetização dos jovens (15 a 24 anos) é de 97,1%, menos 1,9% que em 2017, sendo maior nas mulheres 97,5% e ligeiramente inferior nos homens 96.8%.

Apenas 8.2% da sua população nunca frequentou a escola, 3,3% frequentou o pré-escolar, 58,2% o básico, 35,6% o ensino secundário, e 2,6% o ensino médio ou superior, sendo que a média de anos de estudo é de 7.1.

No que se refere às condições de vida os dados do INE referentes ao ano de 2018, apontam que perto de 90 por cento (89,5%) da população tem acesso a electricidade, 74.4% acesso a rede pública de abastecimento de água, 88,1% a casa de banho.

Dois terços da sua população (74,9%) usam contentores para evacuação de lixo, pouco mais de metade (53.4%) usa gás para cozinhar, enquanto 42.9% contínua usar a lenha para cozinhar.

Com relação ao acesso às tecnologias de informação e comunicação, TIC, os dados indicam que 79% tem internet, 58,9% acesso a televisão e 16,9% a televisão por assinatura, 21,9% da população tem telefone fixo, cerca de um quinto (19,2%) utilizando Tablet e 37% tem computadores.

 

Dans la même catégorie