Inforpress Ministro garante que estátua de Ildo Lobo será erguida em Pedra de Lume com a retoma do turismo Inforpress Cabo Verde perto de atingir 80% da população com primeira dose da vacina contra a covid-19 Inforpress Procurador-Geral da República espera para breve a instalação do Campus da Justiça Inforpress Ministério da Saúde promove ateliê de capacitação em reanimação fetal e actualização do Partograma Inforpress Cabo Verde deve continuar atento às dinâmicas de cooperação para o desenvolvimento –conferencista Inforpress Cidade da Praia: Cantora Marta Hugon apresenta o seu quinto álbum intitulado “Coração na Boca” AIP Le président de la Guinée Bissau attendu mercredi à Conakry AGP Gabon/La sécurité aérienne: GSEZ Airport s’engage à réduire le taux d’accidents GNA Reconstruct Owabi bridge to end perennial floods – Residents appeal to gov’t ANP Ouverture à Tahoua de la 2ème session ordinaire du conseil de ville au titre de l’année 2021

Gestora defende maior divulgação sobre independência


  6 Novembre      21        Politique (19073),

   

Ondjiva, 06 de Novembro – A necessidade da criação de espaços para a divulgação profunda da história que marcou a proclamação da independência nacional em 1975, nas escolas do I e II ciclo, foi defendida, nesta terça-feira (05), em Ondjiva, no Cunene, pela directora provincial da Cultura, Lúcia Yoleni

Ao falar numa palestra que marcou a abertura da jornada comemorativa dos 44 anos da Independência Nacional, a assinalar-se a 11 de Novembro próximo, Lúcia Yoleni disse que as escolas devem criar temas a volta do assunto para motivar os alunos o gosto pela pesquisa e aumentarem o conhecimento da história.

“Devemos conhecer a história do nosso país, procurar transmitir as novas gerações no sentido de crescerem enquadradas por dentro da sociedade”, afirmou.

Fez saber que a independência foi proclamada fruto do espírito patriótico demonstrado pelos angolanos que na altura lutaram para estarem livre da escravatura, opressão, humilhação, torturas, analfabetismo e outros males impostos pelo regime colonial português.

A responsável destacou a importância da conquista da independência nacional, que, passados estes anos, muitas transformações no país aconteceram, nomeadamente a situação política, social, económica e cultural, em prol do bem-estar da população.

A palestra com tema “Angola antes e depois da proclamação da independência” foi dirigida aos alunos da escola do Magistério primário de Ondjiva e do colégio Pitágora, da cidade de Ondjiva.

Durante a jornada, várias actividades serão desenvolvidas, entre as quais destaca-se palestras, visitas aos empreendimentos de impacto social, actividades desportivas, culturais, recreativas, entre outras.

Dans la même catégorie