MAP L’ambassadeur de SM le Roi au Caire présente ses lettres de créance au Président égyptien MAP Kenya: huit corps retrouvés dans une décharge à Nairobi (nouveau bilan) APS AG de la FSF : le comité exécutif va proposer la date du 21 septembre (président) ANP Les leaders Arabes d’Agadez et Tahoua reçus par le Président du CNSP APS Acteurs politiques, société civile et universitaires planchent sur l’intégrité du système électoral APS Zone des Niayes : des producteurs listent les défis et proposent des solutions APS Le président Faye aborde les urgences sociales, la fiscalité, l’emploi, ses rapports avec le Premier ministre, etc APS AVC: un neurologue alerte sur les cas d’hospitalisations de sujets de plus en plus jeunes AIP La lutte contre la déforestation devrait s’inscrire dans un cadre de coopération sud-sud (Le président CESEC) MAP Niger : 22 terroristes « neutralisés » par l’armée dans l’ouest

Governo cria Unidade de Desenvolvimento do Programa para a implementação do Compacto Regional do MCC


  10 Juin      10        Politique (25988),

 

Cidade da Praia, 10 Jun (Inforpress) – O Governo vai criar uma Unidade de Desenvolvimento do Programa com uma equipa permanente de especialistas para implementação do Compacto Regional do Millennium ChallengeAccount Cabo Verde (MCC).
Estas informações foram avançadas num comunicado de imprensa enviada hoje à Inforpress, que avançou que o Compacto Regional do MCC aprofundará a cooperação entre Cabo Verde e os EUA, contribuindo para a diversificação da economia cabo-verdiana e para aceleração do potencial de crescimento económico e a construção da prosperidade partilhada, designadamente pelo desenvolvimento da conectividade e da economia digital.
“Implementamos com sucesso o I e II Compactos do MCC e a experiência desse percurso será devidamente capitalizada. O Governo de Cabo Verde tem garantido o pleno envolvimento do MCC nas decisões e continuará em todas as fases de montagem do programa e, por esta via, assegura um processo decisório eficiente, acelerando os processos, garantindo escolhas concertadas e, assim, mitigando os riscos de insucesso”, lê-se na nota do Governo.
Na montagem do programa de investimentos e na implementação do Compacto Regional serão valorizados os mecanismos de coordenação de parceiros e deverão ser incluídos projectos que garantam o aproveitamento e a harmonização das contribuições de outros doadores, do sector privado e outros intervenientes para maximizar o impacto dos investimentos do Compacto Regional.
No desenvolvimento do Programa de Investimentos do Compacto Regional e na sua execução serão garantidos mecanismos interministeriais eficientes, o alinhamento intersectorial, a coordenação e a atuação integradas e eficientes para garantir as melhores escolhas, o financiamento, a execução e a maximização do impacto do Compacto Regional, lê-se no comunicado.
Para este processo, o Governo já indicou e validou junto ao MCC uma equipa técnica nacional comprovadamente capacitada e com reconhecido profissionalismo.
Esta equipa foi aprovada pelo Conselho de Ministros e “dá as garantias necessárias” para que, ao longo dos próximos 24 meses de negociação com o MCC, seja possível definir, com sucesso, o pacote de investimentos e o valor financeiro do Compacto Regional.
De acordo com o documento, as nomeações actuais já estão alinhadas com os regulamentos do MCC, que garantiu o necessário financiamento para o funcionamento da equipa nacional, incluindo o pagamento dos salários.
Para a implementação do Compacto Regional, o MCC – Millennium ChallengeAccount Cabo Verde, a unidade dedicada a esse fim, realizará concursos públicos para a contratação da sua equipa.
O Conselho Coordenador e o Comité de Acompanhamento e Apoio garantirão o envolvimento das partes interessadas, designadamente as organizações da sociedade civil e o setor privado, do desenvolvimento à execução, monitoramento e avaliação do Compacto Regional

Dans la même catégorie