MAP Accra: La Cédéao décide de maintenir la suspension de la Guinée de toutes ses instances et réclame la tenue des élections dans un délai de six mois (Communiqué) MAP Neuf civils tués dans une frappe aérienne au Nigeria (officiel) MAP Guinée: fin du premier épisode du virus de Marburg en Afrique de l’Ouest (OMS) MAP Le gouvernement éthiopien appelle à une action immédiate pour ramener une centaine de camions pas revenus du Tigray GNA ASF Outbreak: Over 200 pigs dead, seven farms affected GNA Felix Annan ends 10-year stay with Kotoko APS AFROBASKET 2021 : LES LIONNES ENTRENT EN LICE FACE À LA GUINÉE, SAMEDI APS CORONAVIRUS : 01 DÉCÈS ET 26 NOUVELLES INFECTIONS ANNONCÉS INFORPRESS São Vicente: Presidente da UCID volta a apelar para mudança de medida de coacção de Amadeu Oliveira “que está doente” INFORPRESS Futebol: Cabo Verde mantém-se no 77º lugar do ranking da FIFA

Livro “Sonhos e Desvarios” convida as pessoas a fazerem uma viagem pelos sonhos da autora – Apresentadora


  1 Novembre      4        Livres (167),

   

Cidade da Praia, 31 Out (Inforpress) – A apresentadora da obra “Sonhos e Desvarios” , de Fátima Bettencourt , considerou o livro de “muito interessante” porque convida as pessoas a fazerem uma viagem pelos sonhos da autora e ainda traz questões pertinentes para reflexão.

Zaida Sanches fez esta consideração esta quarta-feira à imprensa, minutos antes do acto de relançamento deste livro, que aconteceu hoje, na cidade da Praia, no âmbito da III edição da Morabeza – Festa do Livro, promovida pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas (MCIC) e que decorre de 25 de Outubro a 03 de Novembro.

A apresentadora recomenda as pessoas a lerem o livro porque, a seu ver, será “um bom momento de viajar pelo mundo imaginário da autora”, sublinhando que, apesar de ser um livro de contos, é muito vincado no quotidiano e na realidade cabo-verdiano.

“Interessante é que são vivências e sonhos que ela mesma sonhou e que depois ela faz um trabalho de adequação à ficção e vai abordando diferentes temas, como o trabalho infantil, por partes fala da violência doméstica, do género, da imigração e emigração, dos caçubody e diferentes situações e peripécias que são vividas”, disse, enfatizando que a escritora já habitou as pessoas com uma boa escrita.

A primeira-dama, Lígia Fonseca, que foi convidada a fazer uma apreciação da obra, afirmou que quem conhece a voz da Fátima Bettencourt ao ler este livro fica com a impressão de estar a ouvi-la e essa sua voz, destacando que isto torna a leitura “mais agradável”.

Neste livro, sublinhou, a autora toca vários aspectos sérios do quotidiano, mas de uma forma mais “suave”.

“Estas histórias curtas que a escritora nos traz é uma boa forma de incentivar as pessoas para a leitura porque os assuntos são actuais. A forma como ela escreve é muito simples, deliciosa, e facilmente conseguimos que uma pessoa qualquer pegue no livro e não o largue até a última história”, sublinhou.

“Sonhos & Desvarios” é o oitavo livro da fundadora da Academia Cabo-verdiana de Letras, mas é o terceiro volume de contos que dá à estampa, uma vez que, segundo disse a autora, lhe dá mais prazer escrever textos curtos, como crónicas e contos.

Este livro de 15 contos, apesar de esses derivarem dos sonhos que ela teve e transformou-os em ficção foca em várias temáticas com componente cabo-verdiana, desde a delinquência juvenil, problemas da terceira idade, homofobia, entre outros.

Cada conto, afirmou, tem um sub-tema que é uma forma de alertar para algum problema social, por exemplo a delinquência, as drogas, o trabalho infantil e ainda tem um conto que liga uma ceita religiosa ao terrorismo.

A capa do livro foi ilustrada pelo artista plástico Tchalê Figueira.

Dans la même catégorie