GNA Ambassador of the Kingdom of Netherlands bids farewell to Foreign Minister GNA UPSA confers honorary doctorate on Matthew Opoku Prempeh GNA COVID-19: GHS to source more vaccines GNA NYA develops programme framework to encourage youth volunteerism GNA Diasporan Africans in Canada donate to Street Academy APS CORONAVIRUS : 712 NOUVELLES CONTAMINATIONS ET 05 DÉCÈS ANP Niger : Les épreuves écrites de la session 2021 du baccalauréat, prévues pour le 27 juillet, reportées au 4 août prochain ANP Le Niger se dote d’une stratégie nationale de couverture sanitaire universelle pour la période 2021-2030 ACAP Plus de 300.000 doses de vaccin Johnson-Johnson offertes à la RCA ACP Les ministres provinciaux de l’éducation invités à lutter contre les antivaleurs dans leurs entités

Número de hóspedes no país aumentou 6,8 % em 2018 comparado ao ano anterior


  27 Février      37        Economie (12663), Photos (4356),

   

Cidade da Praia, 27 Fev (Inforpress) – O número de hóspedes em Cabo Verde em 2018, registou mais de 765 mil, correspondendo a um acréscimo de 6,8 por cento (%), face ao ano de 2017, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).
Segundo as estatísticas do turismo sobre a movimentação de hóspedes, em 2018, as dormidas cresceram 7,4%, tendo Reino Unido o principal país de proveniência de turistas.
“Os turistas do Reino Unido foram os que permaneceram mais tempo em Cabo Verde, com uma estadia média de 8,3 noites”, explica o INE, informando que a ilha do Sal foi a mais procurada pelos turistas, representando cerca de 49,5% das entradas nos estabelecimentos hoteleiros.
No quarto trimestre de 2018, os estabelecimentos hoteleiros acolheram cerca de 212 mil hóspedes, mais 3,7% do que no período homólogo do ano anterior. Em termos absolutos, entraram nos estabelecimentos hoteleiros mais 7.532 turistas do que em igual período do ano transacto.
Conforme o INE, as dormidas atingiram 1.318.769 no mesmo período, traduzindo-se numa variação positiva de 3,3%, em relação ao 4º trimestre de 2017. Em termos absolutos, houve um aumento de 145.221 dormidas.
O documento revela que a análise por tipo de estabelecimentos, os hotéis continuam sendo os estabelecimentos hoteleiros mais procurados, representando 86,9% do total das entradas.
Seguem-se as residenciais, as pensões e os aldeamentos turísticos, com cerca de 3,8%, 3,3% e 3,0%, respectivamente. Relativamente às dormidas, os hotéis representam 91,1%, os aldeamentos turísticos 3,2% e as residenciais 2,0%.
A ilha do Sal, continuou a ter maior acolhimento, com 49,5% do total das entradas, seguida da ilha da Boa Vista, com 26,9% e Santiago com 11,2%. Em relação às dormidas, a ordem é a mesma: Sal com 56,0%, Boa Vista com 33,9% e Santiago, com 4,5%.
HR/ZS

Dans la même catégorie