GNA Covid-19, more people queue to vaccinate in New Juaben North GNA Government cannot renege on its responsibility – Tema East MP GNA Ayorkor Botchwey calls for strengthening of Ghana-São Tomé and Príncipe relation GNA Give financial institutions confidence to lend to private sector– Dalex GNA AfCFTA/China sign MoU on establishing Expert Group on Economic Cooperation APS ATELIER DE RESTITUTION SUR LA RÉFORME DES TEXTES RELATIFS À LA DÉCLARATION DE PATRIMOINE, MARDI APS MOLY KANE REMPORTE LE POULAIN D’OR DE LA 27E ÉDITION DU FESPACO APS MACKY SALL PLAIDE POUR UN FONDS AFRICAIN DE PROMOTION DU CINÉMA APS COVID-19 : UN DÉCÈS ET 2 NOUVEAUX CAS APS CANCER DU COL DE L’UTÉRUS ET DU SEIN : 217 FEMMES DÉPISTÉES À TOUBA

OEJ brinda mulheres portadoras de deficiência com curso de empreendedorismo


  2 Octobre      19        Entreprises (349), Photos (4421),

   

Cidade da Praia, 02 Out (Inforpress) – A ONG Orientação Empreendedor de Jovens (OEJ) em parceria com a APIMUD entregou, quinta-feira, 10 diplomas a dez mulheres com deficiência que participaram, durante 20 horas, numa acção de formação de empreendedorismo e gestão de negócios.
Em declarações à Inforpress a presidente da Associação Cabo-verdiana de Promoção e Inclusão das Mulheres com Deficiência (APIMUD), Naldi Veiga, avançou que a participação de mulheres com deficiência nesta formação é uma forma de debelar as dificuldades e promover a igualdade no mundo dos negócios.
“De forma geral as mulheres com deficiência são pessoas que não avançaram muito nos estudos, mas que têm vindo a investir em negócios embora não saibam bem como empreender e gerir os negócios para poderem saber como poupar e como investir”, disse.
Por esse motivo, acrescentou, a formação nesta área é uma mais-valia por ajudar as mulheres com deficiência a desenvolverem habilidades de empreendedorismo para geração de trabalho e renda.
Confessou que a formação chegou em boa hora, já que a pandemia da covid-19 mostrou a necessidade de se aprender a investir, saber usar o dinheiro, assim como a poupar para as necessidades futuras.
Ainda Naldi Veiga, neste processo foram também ensinadas as técnicas de busca de emprego assim como as de fazer um orçamento para investimento.
Para o representante da OEJ, Fernando Pinto, o propósito da formação é sensibilizar e capacitar pessoas a saberem organizar e lidar com recursos financeiros e materiais.
“A organização tem vindo a apoiar várias associações com esse tipo de formação, mas desta feita resolvemos ajudar as mulheres com deficiência a se empoderarem na questão de capacitação financeira e técnica de busca de emprego”, explicou.
A intenção da OEJ, segundo disse, é sensibilizar as pessoas na mudança de atitude na utilização do dinheiro e outros recursos.
Para este tipo de formação a OEJ segue a metodologia de um manual elaborado pela PNUD neste domínio.

Dans la même catégorie