GNA Road crashes prevention is a shared responsibility – Mr Amegayibor ANP L’UE évalue la reforme curriculaire de l’éducation mise en œuvre par le gouvernement nigérien ANP 280 millions de CFA de l’UE pour lutter contre l’épidémie de choléra au Niger APS SÛRETÉ ET SÉCURITÉ DE L’AVIATION CIVILE AU MENU DES RÉUNIONS DU CP DE LA CAFAC APS PARERBA : PRÈS DE 1300 BÉNÉFICIAIRES (SUPERVISEUR) APS PLAIDOYER POUR LA PRÉSERVATION DE LA RESSOURCE HALIEUTIQUE APS LE JOURNALISTE ALASSANE SAMBA DIOP PUBLIE ’’LA VIE EST UN TEMPS DE PAROLE’’ GNA Igbos in Ghana celebrate 2021 Igbo Day, New Yam Festival GNA NDC mourns Ama Benyiwa Doe GNA Akim Oda MP organises free mock exams for JHS students

Porto Novo: MAA vai apoiar agricultores a combater invasão das acácias às zonas agrícolas


  29 Juillet      20        Agriculture (2301),

   

Porto Novo, 29 Jul (Inforpress) – O Ministério da Agricultura e Ambiente vai apoiar os agricultores no concelho do Porto Novo, em Santo Antão, a combater as acácias americanas que estão a invadir as zonas agrícolas, segundo o delegado deste ministério, Joel Barros.
Este ministério, segundo Joel Barros, está a par dessa situação e vai apoiar os agricultores no desbaste das árvores, que podem colocar em risco a actividade agrícola em alguns vales do concelho do Porto Novo.
A invasão das acácias americanas às zonas agrícolas tem preocupado os agricultores, que têm estado a pedir ao Ministério da Agricultura e Ambiente a realização de uma campanha de abate destas árvores, que, além de consumir muita água, tornando impraticável a agricultura nos terrenos invadidos, também produzem pragas.
Um pouco por todo o município do Porto Novo, a invasão das acácias americanas está a colocar em “risco” a agricultura de regadio, sendo Lajedos e Ponte Sul/Chã de Mato as zonas mais afectadas, alertou o representante dos agricultores, Augusto Fortes.
Em Lajedos, os agricultores admitem que as acácias são responsáveis pelo “declínio” da agricultura nessa zona, já que, é uma árvore, segundo o lavrador Manuel Dias, que é capaz de tornar “os terrenos férteis impróprios para a prática da agricultura”.
“Onde existem acácias, não há água que chegue para irrigar as plantas. Os terrenos estão sempre secos, porque é uma árvore capaz de consumir muita água”, explicou este lavrador.

Dans la même catégorie