MAP Accra: La Cédéao décide de maintenir la suspension de la Guinée de toutes ses instances et réclame la tenue des élections dans un délai de six mois (Communiqué) MAP Neuf civils tués dans une frappe aérienne au Nigeria (officiel) MAP Guinée: fin du premier épisode du virus de Marburg en Afrique de l’Ouest (OMS) MAP Le gouvernement éthiopien appelle à une action immédiate pour ramener une centaine de camions pas revenus du Tigray GNA ASF Outbreak: Over 200 pigs dead, seven farms affected GNA Felix Annan ends 10-year stay with Kotoko APS AFROBASKET 2021 : LES LIONNES ENTRENT EN LICE FACE À LA GUINÉE, SAMEDI APS CORONAVIRUS : 01 DÉCÈS ET 26 NOUVELLES INFECTIONS ANNONCÉS INFORPRESS São Vicente: Presidente da UCID volta a apelar para mudança de medida de coacção de Amadeu Oliveira “que está doente” INFORPRESS Futebol: Cabo Verde mantém-se no 77º lugar do ranking da FIFA

Presidente da República lança em São Nicolau seu mais recente livro “Magistratura de Influência”


  25 Avril      53        Livres (167), Photos (4403), Politique (18522),

   

Cidade da Praia, 25 Abr (Inforpress) – O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, vai lançar, em São Nicolau, o seu mais recente livro intitulado Magistratura de Influência, Volume VII, dado à estampa esta terça-feira.
O livro vai ser lançado no dia 27, na cidade do Tarrafal, durante a sua visita oficial à ilha do Chiquinho.
“Para mim, é muito importante levar este tipo de iniciativas às ilhas que, digamos, estão nas periferias e têm menos acesso às coisas que acontecem, nomeadamente no plano da cultura”, disse à Inforpress o Chefe de Estado, momentos antes da sua partida para S. Nicolau, onde iniciou esta quarta-feira uma vista de quatro dias.
Este livro, conforme explicou, é a compilação do essencial das intervenções dele, desde Outubro de 2017 a Outubro de 2018, feitas no plano das relações externas, poder local, economia, ambiente, juventude e cultura tem também o registo do Presidente da República face à produção legislativa.
À semelhança de outros volumes já publicados, neste Jorge Carlos Fonseca registou todos os momentos em que usou o veto político, assim como o instrumento de fiscalização preventiva ou sucessiva da constitucionalidade das normas e vários casos de devolução ao Governo de diplomas para correcção.
“É uma espécie de intervenção política do Presidente num período de um ano”, indicou o Chefe de Estado.
LC/ZS

Dans la même catégorie