MAP Afrique du Sud : neuf personnes sur dix n’ont pas accès à un traitement de santé mentale (organisme) MAP Maroc: L’économie a fait preuve de résilience (Banque mondiale) ANG Desporto/Sport Bissau e Benfica a duas vitórias para sagrar o campeão nacional da Guiness-Liga MAP Sénégal: L’Afrique représente plus de la moitié des urgences sanitaires dans le monde (responsable OMS) ANG Cooperação/”Reino de Marrocos vai continuar a disponibilizar bolsas de estudos para estudantes guineenses”, afirma Carlos Pinto Pereira ANG Cooperação/”China está disposta a apoiar Guiné-Bissau dentro de sua capacidade para alcançar desenvolvimento almejado”, disse Embaixador Renhuo ANGOP La FILDA/2024 va mettre en exergue la production agricole familiale ANGOP L’Angola et la Namibie réfléchissent sur la réduction de la bureaucratie pour des questions de santé ANGOP L’OMS réitère son soutien à la promotion des soins de santé primaires en Angola MAP La MAP et ITALPRESS renforcent leur coopération médiatique

Primeiro-ministro diz que melhorar qualidade de vida dos cabo-verdianos tem estado no centro das prioridades do Governo


  26 Juin      3        Société (45925),

 

Cidade da Praia, 26 Jun (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, disse hoje, no parlamento, que melhorar a qualidade de vida e o bem-estar dos cabo-verdianos tem estado no centro das prioridades do Governo.
“As políticas de habitação e habitabilidade estão focadas em prioridades orientadas para a melhoria das condições de segurança habitacional e para garantir às famílias o acesso à água, ao saneamento e à electricidade de forma segura e inclusiva », disse.
Mais de 3.600 famílias pobres, em todos os concelhos do país, viram as suas casas reabilitadas, realçou ainda Ulisses Correia e Silva, destacando que estão em execução intervenções em 750 casas na cidade da Praia, em 22 bairros.
Para o chefe do executivo, o acesso aos bens básicos como a água, o saneamento e a electricidade por parte das famílias conheceu assinaláveis progressos, assim como a manutenção das políticas e o aumento dos investimentos.
O primeiro-ministro fez essas considerações no debate parlamentar sobre as políticas públicas e a qualidade de vida dos cabo-verdianos.
Conforme o mesmo, milhares de pessoas vivem hoje em bairros e localidades, em todos os concelhos do país, “com melhores condições urbanísticas graças às políticas adoptadas por este Governo e aos investimentos realizados”.
Para isso, sublinhou que o Governo moveu 60% do Fundo do Ambiente para financiamento de projectos municipais de requalificação ambiental, cerca de 1,7 milhões de contos investidos no período 2017/2021 e 1,9 milhões de contos no período 2021/2024.
O mesmo aconteceu com o Fundo do Turismo, onde foi afectado 50% para o financiamento de projectos municipais de regeneração, requalificação e reabilitação urbana e ambiental, traduzindo em 3,1 milhões de contos investidos no período 2017/2021 e 2,2 milhões de contos no período 2021/2024.
“Políticas públicas que protegem as pessoas têm sido adoptadas. São imprescindíveis para garantir condições de dignidade na vida das pessoas, particularmente, as mais vulneráveis”, sustentou o chefe do Governo.
É neste sentido que destacou que foram reduzidos os encargos das famílias com a educação dos filhos através da subsidiação de crianças do Ensino Pré-Escolar, da gratuitidade do pagamento de inscrição e propinas no Ensino Básico e Secundário e do reforço da Acção Social Escolar.
O mesmo com os encargos com a saúde através da isenção da taxa moderadora de saúde e do aumento da subvenção e do número de beneficiários mais pobres no acesso a medicamentos em farmácias privadas.
O chefe do Governo concluiu afirmando que, “a qualidade de vida e o bem-estar dos cabo-verdianos é uma construção que melhora com a redução da pobreza, a eliminação da pobreza extrema, com a continuação das políticas assertivas de protecção social, de aumento do potencial do crescimento económico e mais e melhores empregos”.

Dans la même catégorie