GNA Ghana resolving EU threats over illegal fishing APS LE PROJET ’’PERMETTRE LA VENTE CROISSANTE DE FOYERS AMÉLIORÉS’’ LANCÉ À KAOLACK APS UN PROJET PROMOUVANT UNE « CUISINE RESPECTUEUSE DU CLIMAT » PRÉSENTÉ À TAMBACOUNDA GNA GOIL’s 52nd AGM slated for June 24 APS COSAFA CUP : LE SÉNÉGAL DANS LA POULE DU ZIMBABWE, DU MOZAMBIQUE ET DE LA NAMIBIE APS VERS UNE RÉFORME AUTORISANT LA DOUBLE NATIONALITÉ EN MAURITANIE APS LES ARTISTES LOCAUX À L’HONNEUR À LA 2E ÉDITION DU SALON « DAKAR MUSIC EXPO » ANP COMMUNIQUE DU CONSEIL DES MINISTRES APS MODE ALTERNATIF DE CUISSON : VERS LA VENTE DE PRÈS DE 800.000 FOYERS AMÉLIORÉS APS LA COSAFA CUP PERMETTRA D’AVOIR ’’UNE COMPÉTITION DANS LES JAMBES’’ (DTN)

Santo Antão: Sindicato abre delegação no Porto Novo para facilitar atendimento aos trabalhadores


  20 Juillet      8        Emploi (291),

   

Porto Novo, 20 Jul (Inforpress) – O Sindicato Livre dos Trabalhadores de Santo Antão (SLTSA), sede na Ribeira Grande, passa a contar com uma delegação na cidade do Porto Novo, cujo acto de abertura teve lugar este sábado.
A delegação, situada em Aboufadouro, num dos bairros da cidade do Porto Novo, vai facilitar o atendimento aos trabalhadores neste município, segundo o secretário permanente do SLTSA, Carlos Bartolomeu, para quem esses serviços vão ser de “extrema importância” para este sindicato, que reforça, assim, a sua cobertura na ilha.
A abertura da delegação foi marcada, ainda, pelo encontro com dirigentes locais do SLTSA para a análise da situação social e sindical em Santo Antão, que tem sido, “nos últimos tempos”, marcada pela rescisão “de forma abusiva” de contratos de trabalho por parte serviços ligados à restauração e hotelaria.
Segundo o secretário permanente do SLTSA, “muitos serviços”, sobretudo os ligados à restauração e hotelaria, estão a aproveitar “a situação da pandemia” por que passa o País para, “de forma abusiva”, rescindir os contratos de trabalho e deixar “muitos trabalhadores” no desemprego.
O sindicalista tem estado a reclamar a criação em Santo Antão de representações da Inspecção-geral do Trabalho e da Direcção-geral do Trabalho para a “protecção” dos trabalhadores, que estão a ser despedidos de forma ilegal.

Dans la même catégorie