AIP L’AIP remporte deux prix au Grand Prix FAAPA 2021 AIP La journée de l’entreprenariat féminin célébrée à Abidjan APS LES INVESTISSEMENTS DES ENTREPRISES CHINOISES EN AFRIQUE ESTIMÉS À 43 MILLIARDS DE DOLLARS EN FIN 2020 (LIVRE BLANC) AGP Guinée/Éducation : Pierre Kolié, 5ème de la République en sciences expérimentales au bac unique session 2020 plaide pour une bourse d’études à l’étranger AGP Guinée/Transition : Compte rendu du Conseil des Ministres AIP La Côte d’Ivoire s’offre 836 400 doses de vaccin Sinopharm pour lutter contre le covid-19 AIP La Suisse et la Côte d’Ivoire signent trois accords en matière de migration à Berne AIP Plus de 200.000 orphelins du Sida attendent d’être pris en charge en Côte d’Ivoire AIP Le Festival de l’électronique et du jeu vidéo d’Abidjan innove avec les Gaming Awards MAP Dakar: clôture de la 8e réunion du Conseil exécutif de la FAAPA par l’adoption du Plan d’action pour l’année 2022

São Miguel: Secretária de Estado destaca “grande trabalho” da câmara para com pessoas mais vulneráveis


  20 Octobre      16        Politique (19503),

   

Calheta, São Miguel, 20 Out (Inforpress) – A secretária de Estado da Inclusão Social destacou hoje o “grande trabalho” desenvolvimento pela autarquia micaelense para com pessoas mais vulneráveis, mormente crianças, idosos, pessoas com deficiência e mães chefes de famílias.

Lídia Lima falava à imprensa, em São Miguel, após a sua visita realizada na manhã hoje, com o objectivo de conhecer ‘in loco’ a realidade social do concelho, bem como inteirar-se dos projectos sociais implementados nesse município do interior de Santiago.

Relativamente às crianças, assegurou que a edilidade tem feito “grande trabalho” com o apoio do Governo, principalmente a nível dos transportes escolares, pré-escolar e creches.

No entanto, Lídia Lima admitiu a necessidade de o Governo reforçar o seu apoio para com o pré-escolar, tendo em conta que existem cerca de 1.147 famílias que estão no grupo 1 (famílias mais pobres ou extremamente pobre) do Cadastro Social Único (CSU), para que se possa abrir mais creches e para com o transporte escolar.

Tudo isso, segundo a mesma fonte visa garantir o sucesso escolar e evitar o abandono escolar.

Daí, anunciou que o Governo vai trabalhar em parceria com a autarquia para dotar esse município de centros dia em localidades específicas para que possam, igualmente, garantir o desenvolvimento social e cultural das crianças.

Sobre as pessoas de terceira idade, notou que a edilidade tem tido uma intervenção “muito forte” na reabilitação de casas, apoios pontuais, casas de banho e prestações de cuidados ao domicílio por parte de cinco cuidadores contratados pelo Governo.

Relativamente às mulheres chefes de família, de entre os vários projectos em curso que visam o empoderamento das mesmas, destacou o de inclusão produtiva do Ministério da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social que beneficia 91 famílias, tendo anunciado o reforço desse projecto e de outros de actividades geradoras de rendimento.

Na ocasião, a secretária de Estado garantiu ainda que o Governo vai reforçar os apoios para que as câmaras municipais, neste caso, a de São Miguel, para que esta possa continuar a apoiar os grupos mais vulneráveis, mormente crianças, idosos, pessoas com deficiência e mães chefes de família.

Lídia Lima garantiu ainda que a implementação dos programas CSU e o Rendimento Social de Inclusão (RSI) vai ser continuada e reforçada, e que vão ainda analisar os outros potenciais beneficiários dos mesmos.

“O nosso objectivo máximo é reduzir a pobreza extrema, e as comunidades que têm uma população muito expressiva nas zonas rurais precisam de uma atenção forte por parte deste Governo, e, é nesse sentido que vamos actuar juntamente com as câmaras municipais, com uma estratégia clara de redução de pobreza extrema”, reiterou a governante.

É com foco na redução de pobreza extrema, que lembrou que o executivo tem estado direccionado para a infância, terceira idade, pessoas com deficiência e mulheres chefes de famílias.

Além do encontro com a equipa camarária liderada por Herménio Fernandes, durante a sua estada neste município do interior de Santiago, Lídia Lima visitou a Direcção da Família e Inclusão Social, o jardim infantil de Veneza, a creche Nova Geração, o ateliê de Costura de Cutelo Miranda e o centro de convivência “O cantinho da Dayane”.

Dans la même catégorie