MAP L’ambassadeur de SM le Roi au Caire présente ses lettres de créance au Président égyptien MAP Kenya: huit corps retrouvés dans une décharge à Nairobi (nouveau bilan) APS AG de la FSF : le comité exécutif va proposer la date du 21 septembre (président) ANP Les leaders Arabes d’Agadez et Tahoua reçus par le Président du CNSP APS Acteurs politiques, société civile et universitaires planchent sur l’intégrité du système électoral APS Zone des Niayes : des producteurs listent les défis et proposent des solutions APS Le président Faye aborde les urgences sociales, la fiscalité, l’emploi, ses rapports avec le Premier ministre, etc APS AVC: un neurologue alerte sur les cas d’hospitalisations de sujets de plus en plus jeunes AIP La lutte contre la déforestation devrait s’inscrire dans un cadre de coopération sud-sud (Le président CESEC) MAP Niger : 22 terroristes « neutralisés » par l’armée dans l’ouest

São Nicolau: Ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social anuncia criação da linha apoio a VBG 800 18 18


  9 Mars      32        Société (45887),

 

Ribeira Brava, 09 Mar (Inforpress) – O ministro Fernando Elísio Freire anunciou  a criação da linha de apoio à Violência Baseada no Género (VBG), 8001818, durante a abertura do debate sobre o tema “A mulher em São Nicolau – factos, números e desafios”.
Segundo o titular das pastas da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, que falava no Tarrafal de São Nicolau, trata-se de uma linha de atendimento especializado coordenado e suportado pelo Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade de Género (ICIEG), que pretende dar respostas aos que procuram apoio psicológico, aconselhamento, informações e orientações referente a Violência Baseada no Gênero.
A linha 800 18 18, segundo o mesmo, já está operacional das 08:00 às 20:00 nos dias úteis e de forma gratuita.
Por outro lado, o governante avançou que o Governo está a apostar no reforço dos centros de apoio às vítimas, com o início de funções de mais uma técnica na Cidade da Praia, estando em processo de contratação de técnicos para as ilhas do Sal e do Fogo.
“Para este ano está garantida a efetivação do fundo de apoio à vítima, que vai permitir mudar o paradigma de assistência à vítima, permitindo, como tem sido feito até agora, o auxílio da vítima e dos seus dependentes”, sublinhou.
Segundo o ministro, o Dia Internacional da Mulher deve também levar à reflexão sobre os homens, de como os “rapazes estão a ficar para trás”, no ensino básico e secundário, como são “os maiores cometedores de crimes”.
O Dia Internacional da Mulher é comemorado, anualmente, a 08 de Março desde o início do século XX, embora com variações na data das celebrações.
Em 1975, a ONU começou a celebrar neste dia, mas só a 16 de Dezembro de 1977 é que viria a ser oficialmente reconhecido pela Assembleia Geral das Nações Unidas, através da Resolução 32/142.
Este dia pretende celebrar os direitos que as mulheres conquistaram até ao dia de hoje, relembrando o caminho para a igualdade.
Defender causas como o direito ao voto, a igualdade salarial, a maior representação em cargos de liderança, a proteção em situações de violência física e/ou psicológica ou o acesso à educação continuam actuais porque, em vários pontos do globo, esses direitos continuam por cumprir.

Dans la même catégorie