GNA Corporate governance critical for Africa’s future GNA GTA expectant of significant domestic tourism growth amidst COVID-19 GNA Speaker Bagbin launches second edition of Inter Schools Public Speaking Competition GNA Cancer patients urged not to lose hope in fighting the disease GNA Education, an important measure to bridge digital gender gap AGP Axe Boké-Kolaboui : Le préfet s’implique dans la réparation des routes dégradées AGP Guinée: 119 volontaires déployés par Mérite international dans 05 localités à Maférinyah pour les services communautaires AGP Mamou: Le gouverneur de la région administrative de Mamou entame une visite dans les services régionaux GNA IIA and Tullow Ghana collaborate to deliver financial readiness prograame GNA Make CPC profitable- Afriyie Akoto

São Vicente: Élida Almeida como um dos destaques das festas de São João no Mindelo


  24 Juin      47        Arts & Cultures (1748), Musique (300), Photos (4407),

   

Cidade da Praia, 24 Jun (Inforpress) – A cantora Élida Almeida encerra o espectáculo musical das festas de São João (San Jon) hoje na Ribeira de Julião, organizado pela Câmara Municipal de São Vicente, que compartilha o espaço com outras actividades culturais.
O espectáculo musical terá a abertura feita pelo grupo Raper Makers, que sobe ao palco por volta das 20:00, seguido do artista Rauss com a sua banda.
Por fim, chega a cantora Élida Almeida que fecha o evento, desfilando para o público mindelense os vários sucessos, que parecem ter uma boa aceitação, tendo em conta a quantidade de pessoas que a artista tem conseguido movimentar nas várias apresentações já feitas em São Vicente.
Este será assim o encerramento do espectáculo musical realizado pela câmara municipal durante dois dias, que neste domingo também levou nomes como Lateral, Djulay, Beto Alves, Rui Last One e Pen Drive à localidade periférica do Mindelo, a Ribeira de Julião.
No entanto, é não só disso que é feita a festa de São João (San Jon) em São Vicente, sendo que na parte cultural entra ainda a Associação Terra Tambor, que neste ano pretende promover uma celebração de “forma particular” e baseado no voluntariado, conforme o presidente da organização, António Tavares, avançou antes à Inforpress.
Esta decisão, segundo a mesma fonte, teve como base as eleições realizadas recentemente para a escolha do novo corpo directivo e que não permitiram à associação, da qual é o novo presidente, ter tempo para uma “melhor preparação”.
LN/ZS

Dans la même catégorie