ANG Cooperação/”Reino de Marrocos vai continuar a disponibilizar bolsas de estudos para estudantes guineenses”, afirma Carlos Pinto Pereira ANG Cooperação/”China está disposta a apoiar Guiné-Bissau dentro de sua capacidade para alcançar desenvolvimento almejado”, disse Embaixador Renhuo ANGOP La FILDA/2024 va mettre en exergue la production agricole familiale ANGOP L’Angola et la Namibie réfléchissent sur la réduction de la bureaucratie pour des questions de santé ANGOP L’OMS réitère son soutien à la promotion des soins de santé primaires en Angola MAP La MAP et ITALPRESS renforcent leur coopération médiatique MAP Accra : Début de la 45ème session ordinaire du Conseil exécutif de l’UA avec la participation du Maroc MAP Côte d’Ivoire : appel à une intensification de la lutte contre la criminalité forestière APS Courses hippiques : le président du CNG de Matam passe en revue les difficultés du secteur AIB Bogandé : Les populations réaffirment leur soutien à la Transition et plaident pour plus de sécurité

Segunda edição da TriOcean com participação de 24 equipas e 72 atletas


  4 Juin      12        Sport (13100),

 

Mindelo, 04 Jun (Inforpress) – A segunda edição da prova nacional de triatlo, TriOcean, acontece a 09 de Junho, na Cidade da Praia, com participação de 24 equipas e 72 atletas de oito ilhas do País.
Depois da primeira edição, que teve como palco a cidade do Mindelo, será levada para a Cidade da Praia a competição que envolve as modalidades de natação, ciclismo e atletismo.
Conforme informações do Ministério do Mar, neste momento as inscrições já estão encerradas, mas já é dado como certo a participação 24 equipas, entre estas três do escalão feminino, e 72 atletas de oito ilhas do País.
Tal como avançou antes a mesma fonte, a competição olímpica triatlo tem o intuito de apelar à união de todos para a sustentabilidade do oceano e do clima.
O evento, que celebra o Dia Mundial dos Oceanos, assinalado a 08 de Junho, tem como objectivo também, acrescentou, de combater a poluição do mar, proteger o ecossistema marinho por forma a reverter o curso da previsão catastrófica para 2050 de um oceano com mais lixo do que peixes.
O Dia Mundial dos Oceanos pretende lembrar a importância dos oceanos enquanto “pulmões do planeta”.
Este dia foi proclamado através da Resolução 63/111 adoptada na Assembleia Geral das Nações Unidas de 5 de Dezembro de 2008 e é assinalado por muitos países, especialmente depois da Conferência sobre o Ambiente e Desenvolvimento, no Rio de Janeiro em 1992.

Dans la même catégorie