MAP Accra: La Cédéao décide de maintenir la suspension de la Guinée de toutes ses instances et réclame la tenue des élections dans un délai de six mois (Communiqué) MAP Neuf civils tués dans une frappe aérienne au Nigeria (officiel) MAP Guinée: fin du premier épisode du virus de Marburg en Afrique de l’Ouest (OMS) MAP Le gouvernement éthiopien appelle à une action immédiate pour ramener une centaine de camions pas revenus du Tigray GNA ASF Outbreak: Over 200 pigs dead, seven farms affected GNA Felix Annan ends 10-year stay with Kotoko APS AFROBASKET 2021 : LES LIONNES ENTRENT EN LICE FACE À LA GUINÉE, SAMEDI APS CORONAVIRUS : 01 DÉCÈS ET 26 NOUVELLES INFECTIONS ANNONCÉS INFORPRESS São Vicente: Presidente da UCID volta a apelar para mudança de medida de coacção de Amadeu Oliveira “que está doente” INFORPRESS Futebol: Cabo Verde mantém-se no 77º lugar do ranking da FIFA

Vera Duarte lança esta quinta-feira “A Reinvenção do mar” para celebrar seus 25 anos de carreira


  20 Juin      46        Culture (718), Livres (167), Société (35713),

   

Cidade da Praia, 20 Jun (Inforpress) – A escritora Vera Duarte lança esta quinta-feira, 21, na ilha do Sal, a sua décima obra intitulada “A Reinvenção do Mar” para comemorar os seus 25 anos de publicação.
Em declarações à Inforpress, a escritora e ex-presidente da Academia Cabo-verdiana de Letras (ACL), afirmou que “A Reinvenção do mar” que será lançado no Festival Literatura Mundo –Sal é o seu décimo livro e uma “obra emblemática” por estar a celebrar os 25 anos de publicações.
“A convite da editora Rosa Porcelana, apresento esta minha décima obra em comemoração dos meus 25 anos de publicação e ela é uma antologia poética, ou seja, nela se encontram os meus livros de poesia que deram vida a Reinvenção do Mar”, realçou, salientando, por outro lado, que descobriu na escrita um meio de sobrevivência espiritual ao longo dos anos.
Dividido em cinco partes, a “Reinvenção do mar”, segundo Vera Duarte, é uma “inspiração” daquilo que o mar representa para o povo cabo-verdiano, que no seu entender é um elemento que está permanentemente presente nas vidas das pessoas e que continua a ser reinventado de “subsistência e motivação”.
Vera Duarte estreou-se na literatura em 1993 com o livro de poesia “Amanhã A madrugada”, tendo recebido o Prémio Sonangol de Literatura, com o lançamento de “A Candidata” em 2004.
CM/FP
Inforpress/Fim.

Dans la même catégorie