ANP Le Président de la République préside une réunion du conseil supérieur de la défense nationale ANP Le Président de la République préside une réunion du conseil supérieur de la défense nationale ANP Tahoua : Un incendie consume 16 boutiques dans un marché de la ville APS L’INSTITUT DE DÉFENSE DU SÉNÉGAL INAUGURÉ AU CAMP IDRISSA-FALL APS UNE RALLONGE DE 45 MILLIARDS POUR LA MODERNISATION DU MINISTÈRE DE L’ENVIRONNEMENT APS LE FONSIS ET L’AFREXIMBANK EN SYNERGIE POUR ACCOMPAGNER LES PORTEURS DE PROJETS Inforpress São Vicente: Festival de desporto para atletas com deficiência dá início às comemorações dos 100 anos da travessia aérea Inforpress Relatório sobre últimas eleições presidenciais revela que a imprensa deu uma cobertura igualitária aos candidatos Inforpress PR animado com sinais de retoma teme evolução da pandemia que possa levar a um novo fechamento Inforpress Pólo da Escola do Mar em São Miguel vai servir Santiago e as ilhas do Sul – ministro

Covid-19/Praia: Activista social apela a “maior espírito de solidariedade” dos cabo-verdianos na ajuda aos carenciados


Cidade da Praia, 07 Mar (Inforpress) – A activista social Sabina Fortes apela a “um maior espírito de solidariedade” dos cabo-verdianos neste momento que o País se encontra em estado de emergência, devido ao covid-19.
Sabina Fortes, que é a presidente da Associação Desportiva Relâmpago, está a promover a campanha “1 kg de alimento”, destinada a angariar cestas básicas para ajudar as famílias mais carenciadas.
Em declarações à Inforpress, adiantou que desde sábado, 04, quando iniciou a campanha, a adesão das pessoas tem sido ” muito fraca”, o que, segundo ela, demonstra “falta de espírito de solidariedade”.
“Devido ao estado de emergência é difícil as pessoas saírem de casa mas está é a hora de ver que o país passa por dificuldade e se uma pessoa doar um quilo de alimento podíamos fazer a diferença”, apelou Sabina Fortes.
Neste sentido, exortou aos praienses, onde a campanha está a ser promovida,a serem mais solidários “num momento em que a união dos cabo-verdianos é o mais importante”.
A recolha dos bens de primeira necessidade, que posteriormente vai ser colocados à disposição da câmara da Praia, será feita com todas as medidas de segurança, como forma de prevenção contra o novo coronavírus.
Os alimentos podem ser também entregues directamente às famílias directamente às famílias carenciadas das localidades periféricas como Pensamento, Calabaceira, Meio de Achada ou Fundo Cobom.
Para o efeito já foi postada uma publicação na sua rede social com os contactos desta colectividade, inclusive da conta bancária do clube, consoante a opção dos interessados.
A recolha deve ser feita na sede da Associação Desportiva Relâmpago, em Palmarejo.
Numa altura em que o País encontra-se em estado de emergência nacional, por causa da prevenção a covid-19, a líder do Relâmpago pediu serenidade de todos no sentido de “ficarem em casa” e seguir as orientações governamentais de entre outros órgãos de soberania, como forma de evitar o contágio e a propagação do novo coronavírus.
Nesta sua mensagem exortou os cidadãos a colaborarem com “críticas construtivas”, baseadas na paz e no amor, afirmando mesmo que caso contrário só estará a atrapalhar o combate a esta pandemia.

Dans la même catégorie