MAP La reconnaissance US de la marocanité du Sahara a contraint « les uns à dévoiler leurs cartes, les autres à sortir du bois » (Quid.ma) MAP M. Bourita s’entretient avec son homologue gambien INFORPRESS Porto Novo: Sebastião Monteiro ministra formação de construção de tambores de São João INFORPRESS Jako Cisco lança seu primeiro ‘single’ a solo intitulado de “terapia” INFORPRESS Santa Catarina: Bloco B do Liceu Amílcar Cabral recebe obras de reabilitação orçadas em seis mil contos INFORPRESS IGAE chama atenção para proibição da reutilização de garrafas de cerveja para engarrafar grogue INFORPRESS Covid-19: Escola SOS da Praia fechada após diagnósticos positivos INFORPRESS Assembleia Municipal da Praia suspensa após alegada ilegalidade na apresentação dos relatórios de conta e de actividades INFORPRESS Maio: Agricultores de Monte Vermelho “indignados” com decisão de aumentar número de beneficiários da água do furo MAP M. Bourita s’entretient avec son homologue guinéen

Legislativas 2021/Santo Antão: MpD fixa meta de 300 mil turistas nos próximos cinco anos com “os investimentos em carteira”


  14 Avril      3        Politics (15124),

   

Porto Novo, 14 Abr (Inforpress) – O cabeça-de-lista do Movimento para a Democracia (MpD) no círculo de Santo Antão, Jorge Santos, acredita que a ilha estará, até 2026, em condições de receber “300 mil turistas/ano, com os investimentos previstos para potenciar o turismo”.

“A nossa meta é chegar aos 300 mil turistas/ano, nos próximos cinco anos, com os investimentos previstos para Santo Antão, como o aeroporto e a expansão do porto do Porto Novo”, notou Jorge Santos, que falava, terça-feira, 13, num comício na cidade das Pombas, Paul, no âmbito da deslocação do líder do MpD a Santo Antão.

Até 2019, Santo Antão estava a receber 50 mil turistas/ano, segundo o cabeça-de-lista do MpD, para quem, caso não fosse a pandemia da covid-19, a cifra já estaria em 100 mil turistas/ano, acreditando que, até 2026, a ilha estará a receber 300 mil visitantes.

Com o aeroporto e com o porto capaz de receber navios de cruzeiros, Santo Antão estará em condições de atingir a meta proposta pelo MpD, segundo Jorge Santos, que se referiu a outros projectos em carteira, que vão potenciar o turismo na ilha, como é o caso da requalificação da orla marítima, no Paul.

“Esta vai ser a grande obra do próximo mandato”, notou este candidato, que se diz “convicto” de que o MpD vai ganhar as eleições em Santo Antão, contribuindo “para a vitória a nível nacional”, do partido.

Para os próximos anos, se ganhar as eleições legislativas, o MpD apostará ainda na modernização da agricultura e na mobilização de para rega, além da melhoria da qualidade do grogue, adiantou Jorge Santos.

O cabeça-de-lista do MpD por Santo Antão pediu “o voto de confiança” aos santantonenses neste partido que, a seu ver, tem “obra feita” na ilha, acreditando que “o povo reconhece” os investimentos realizados “em contexto difícil”, marcado por três anos de seca e pela pandemia de covid-19.

Essas vicissitudes não impediram, declarou, que o Governo levasse a cabo o seu programa de infra-estruturação nesta ilha.

“Em Santo Antão, o MpD realizou obras estruturantes, como o liceu do Paul, as estradas de Figueiral, de Martiene e do Tarrafal de Monte Trigo, além da aposta na habitação social, em parceria com as câmaras municipais”, disse Jorge Santos, que pediu “mais um voto de confiança e de reconhecimento do trabalho feito” pelo Governo, ao longo dos cinco anos.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

Dans la même catégorie