MAP Le Rwanda adopte des mesures strictes pour contrer une troisième vague de Covid-19 MAP Le Niger et le Nigeria confrontés à une « crise nutritionnelle majeure » chez les enfants (MSF) MAP Rabat abrite l’exposition « Delacroix, souvenirs d’un voyage au Maroc », une première en Afrique et dans le monde arabe MAP Elections en Ethiopie : fermeture des bureaux de vote (Conseil national électoral) MAP La CAF veut rendre le football africain plus compétitif (Président) GNA Kenyan MP commends Ghana’s COVID testing speed GNA 94 per cent of children fear unemployment in future GNA Women’s FA Cup: Thunder Queens fall, Ampem Darkoa Ladies cruise to the final stage GNA VGMA Music Summit: National agenda to market Ghana’s music vital for the industry growth GNA Ash Cell donates PPE to three hospitals in Kumasi

Covid-19/África do Sul detecta primeiros casos de variante indiana


  11 Mai      8        LeaderShip Feminin (9536),

   

Bissau, 11 Mai 21 (ANG) – As autoridades da saúde da África do Sul detectaram os primeiros casos de infecção no país com uma variante do novo coronavírus inicialmente identificada na Índia, anunciou segunda-feira o ministro da Saúde sul-africano.
Zweli Mkhize referiu que « quatro casos » da variante B.1.617.2 foram detectados em duas províncias do país – dois em Gauteng e outros dois no KwaZulu-Natal, em pessoas provenientes da Índia.
O governante sul-africano adiantou que uma outra variante do novo coronavírus, a B.117, detectada pela primeira vez no Reino Unido, foi também identificada no país com 11 casos confirmados.

« Reiteramos que não existe motivo para pânico, uma vez que as medidas de resposta em termos de saúde pública – testagem, identificação de contactos, isolamento e quarenta, não se alteraram », salientou o ministro da Saúde sul-africano.

O Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis da África do Sul (NICD, na sigla em inglês), disse que todos os casos identificados se encontram isolados segundo as regras de contenção da covid-19 em vigor o país.

A África do Sul, com 10.887.709 de testes de covid-19 realizados, contabiliza um cumulativo de 1.596.595 casos de infecção pelo novo coronavírus e 54.735 mortos associadas à doença da covid-19, segundo as autoridades da saúde sul-africanas.

Nas últimas vinte e quatro horas, o país registou 1.778 novos casos de infecção, anunciou o Governo, salientando que o cumulativo de doentes recuperados totaliza 1.516.256 pessoas, representando uma taxa de recuperação na ordem dos 95 por cento.

O número de funcionários da saúde vacinados até à data no país totaliza 383.480, referiu o ministério da Saúde sul-africano.

Dans la même catégorie