GNA Corporate governance critical for Africa’s future GNA GTA expectant of significant domestic tourism growth amidst COVID-19 GNA Speaker Bagbin launches second edition of Inter Schools Public Speaking Competition GNA Cancer patients urged not to lose hope in fighting the disease GNA Education, an important measure to bridge digital gender gap AGP Axe Boké-Kolaboui : Le préfet s’implique dans la réparation des routes dégradées AGP Mamou: Le gouverneur de la région administrative de Mamou entame une visite dans les services régionaux GNA IIA and Tullow Ghana collaborate to deliver financial readiness prograame GNA “Boxing is the strength of Ghana sports” – GBA President GNA Make CPC profitable- Afriyie Akoto

Covid-19/África do Sul detecta primeiros casos de variante indiana


  11 Mai      8        LeaderShip Feminin (10249),

   

Bissau, 11 Mai 21 (ANG) – As autoridades da saúde da África do Sul detectaram os primeiros casos de infecção no país com uma variante do novo coronavírus inicialmente identificada na Índia, anunciou segunda-feira o ministro da Saúde sul-africano.
Zweli Mkhize referiu que « quatro casos » da variante B.1.617.2 foram detectados em duas províncias do país – dois em Gauteng e outros dois no KwaZulu-Natal, em pessoas provenientes da Índia.
O governante sul-africano adiantou que uma outra variante do novo coronavírus, a B.117, detectada pela primeira vez no Reino Unido, foi também identificada no país com 11 casos confirmados.

« Reiteramos que não existe motivo para pânico, uma vez que as medidas de resposta em termos de saúde pública – testagem, identificação de contactos, isolamento e quarenta, não se alteraram », salientou o ministro da Saúde sul-africano.

O Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis da África do Sul (NICD, na sigla em inglês), disse que todos os casos identificados se encontram isolados segundo as regras de contenção da covid-19 em vigor o país.

A África do Sul, com 10.887.709 de testes de covid-19 realizados, contabiliza um cumulativo de 1.596.595 casos de infecção pelo novo coronavírus e 54.735 mortos associadas à doença da covid-19, segundo as autoridades da saúde sul-africanas.

Nas últimas vinte e quatro horas, o país registou 1.778 novos casos de infecção, anunciou o Governo, salientando que o cumulativo de doentes recuperados totaliza 1.516.256 pessoas, representando uma taxa de recuperação na ordem dos 95 por cento.

O número de funcionários da saúde vacinados até à data no país totaliza 383.480, referiu o ministério da Saúde sul-africano.

Dans la même catégorie