Guinée / Mines: Neuf (09) travailleurs d’UMS interpellés pour incitation, menace et séquestration (source) APS CAN : LE NZALANG NATIONAL RETROUVE LES LIONS EN QUARTS DE FINALE APS RECETTES DOUANIÈRES : PLUS DE 1000 MILLIARDS DE FRANCS CFA COLLECTÉS EN 2021 AIP Côte d’ivoire : Conseil des ministre AIP PODOR : UN ENFANT TROUVE LA MORT DANS UN INCENDIE APS Le maire de Jacqueville offre l’émission « Bonjour 2022 » à sa population AIP Quelque 2000 kits scolaires à des écoliers à Biankouma APS DES ORGANISATIONS DE LA SOCIÉTÉ CIVILE SALUENT LE « DÉROULEMENT APAISÉ » DU SCRUTIN AGP Dubreka-Justice : Rencontre avec les officiers de la police judiciaire APS SAINT-LOUIS : MANSOUR FAYE ET ABBA MBAYE SE DÉTACHENT

FCF: Mário Semedo é candidato único à sua própria sucessão


  2 Décembre      9        Sport (5996),

   

Cidade da Praia, 02 Dez (Inforpress) – O presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), Mário Semedo, é candidato único à sua própria sucessão na assembleia-geral electiva dos corpos sociais federativos para os próximos quatro anos, marcada para o próximo sábado nesta cidade.

A data do evento foi acordada pelas associações em assembleia-geral realizada em Outubro, mediante proposta da direcção da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) para 04 de Dezembro.

Ao mesmo tempo nomearam os integrantes para os órgãos da Comissão Eleitoral e o Conselho de Recurso, consoante as directivas dos novos regulamentos.

Os elementos destes dois órgãos, sublinhou a fonte, foram compostos por pessoas com formações jurídicas, conforme as recomendações dos organismos internacionais que gerem o futebol.

A assembleia aprovou ainda, por unanimidade, a composição dos órgãos que gerem as próximas eleições e até a data limite, 19 Novembro, para a entrega das candidaturas, a lista liderada por Mário Semedo foi a única que formalizou a sua inscrição, baseada numa candidatura de continuidade, afirmando ser “um sinal de confiança de que as associações regionais estão satisfeitas com o desempenho” da sua equipa.”

Já Manuel Conceição, que manifestou a sua intenção de candidatar-se ao mais alto cargo da FCF, ameaça impugnar o acto eleitoral, alegando que “manobras e imparcialidade” do secretário-geral da FCF e das equipas ligadas à Comissão Eleitoral inviabilizaram a sua candidatura.

Dans la même catégorie