ANGOP Angola perde na estreia da Cosafa APS ORGANISATION ET NOUVELLES ORIENTATIONS DE LA SN-APS, AU MENU D’UN ATELIER À SALY APS UN ÉLU LOCAL VANTE LES AVANTAGES DE LA COOPÉRATION DÉCENTRALISÉE DANS LA CAPTATION DE RESSOURCES APS LE BOS DU PSE SATISFAIT DU DÉROULEMENT DES TRAVAUX DE L’AGROPOLE-CENTRE APS AFROBASKET U18 : VICTOIRE DU SÉNÉGAL SUR LE MALI (80-78) ANGOP Covid-19: Angola reporta 132 novos casos e 55 recuperados GNA Volta EC prepares venue to host regional collation centre ANP Niger: Le gouvernement fixe les modalités de calcul et de recouvrement des redevances de l’ARST ANP Niger : Démission des membres du Gouvernement et de certaines personnalités candidats aux élections législatives du 27 décembre prochain GNA Volta EC prepares venue to host regional collation centre

Achada Santo António contemplado com dois pontos de lavagens de mãos


  23 Octobre      18        Société (25584),

   

Cidade da Praia, 23 Out (Inforpress) – A Achada de Santo António passou a dispor, a partir desta quinta-feira , de dois pontos de lavagem de mãos, as primeiras de um conjunto de 15 lavatórios que a Associação Tabanca Tchada Santantoni pretende colocar nessa localidade.
Em declaração à imprensa, o presidente da Tabanca Tchada Santantoni, Pedro João Carvalho, disse que com este projecto pretendem colocar 15 lavatórios na Achada de Santo António (ASA), mas estes dois fazem parte de uma primeira fase, em que foram contempladas a zona frente à Escola Técnica da ASA e a zona de Brasil.
Estas doações, conforme informou, vão beneficiar toda a comunidade da Achada Santo António neste tempo de pandemia, tendo em conta que a zona tem sido “foco” de infecções por covid-19 e, por isso, resolveram recorrer às acções sociais.
Para o abastecimento de água aos lavatórios, Pedro Carvalho assegurou que contam com outra parceria, a da Escola Cesaltina Ramos.
O responsável aproveitou para apelar à população para fazer “bom uso” das acções e para seguirem as recomendações das autoridades, de modo a contribuírem na luta contra a covid-19.
Por sua vez, o representante da “Nós di Txada i Amigos de Estados Unidos”, Zé de Pina disse que o motivo pelo qual um dos pontos escolhidos foi frente à Escola Técnica tem a ver com a necessidade de contemplar os alunos que frequentam aquela escola, tendo em conta a grande concentração de pessoas naquela área.
Segundo Zé Pina, para além desses dois, pretendem analisar a possibilidade de doar outros lavatórios para a comunidade se os já oferecidos forem “bem cuidados” pela população.
“Se virmos que as pessoas estão a cuidar, de facto, do material podemos patrocinar mais, porque sabemos que a Achada de Santo António é um dos bairros com maior número de infectados pela pandemia e um lavatório já ajuda e muito no combate”, comentou o representante.
De igual modo, Zé de Pina apelou à população da ASA para seguirem as regras das autoridades sanitárias, nomeadamente, lavar as mãos, usar máscaras e fazer distanciamento social.

Dans la même catégorie