AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Le CNDH prône la prévention d’éventuels nouveaux revers sur l’égalité homme-femme GNA SWAG congratulates Black Satellites on U-20 AFCON trophy GNA One Bullet’ Ansah Stops ‘One Time’ Quaye To Retain National Lightweight Title GNA Rampant Hearts cruise past 10-man WAFA to go third GNA Digitalization: the most impactful and revolutionary policy of Ghana since Independence GNA I will not interfere in chieftaincy issues GNA Making a positive difference for women: Working together is the panacea ANP Le Premier Ministre Birgi Rafini attendu à Tahoua pour le lancement de la construction d’un barrage hydro-agricole ANP Le Président Issoufou Mahamadou, lauréat du prix Mo Ibrahim 2021 APS LES COURS EN PRÉSENTIEL SUSPENDUS DANS LES UNIVERSITÉS POUR UNE SEMAINE

Presidente da Assembleia Nacional enaltece “esforço de humanização” dos serviços do Hospital Agostinho Neto


  2 Février      11        Politique (15747), Santé (9593), Société (29544),

   

Cidade da Praia, 02 Fev (Inforpress) – O presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos, enalteceu hoje o “esforço de humanização” dos serviços do Hospital Agostinho Neto (HAN) no atendimento aos utentes.
Em declarações à imprensa depois de uma visita àquela estrutura hospitalar, Jorge Santos, elogiou essa forma de tratamento, defendendo que um paciente é “um ser humano que precisa de carinho e cuidados especiais”.
“A humanização dos serviços de saúde não se faz por decretos ou por leis. Isto é feito através do pessoal jovem motivado e também na criação de todas as condições”, indicou o líder da casa parlamentar cabo-verdiana.
Para isso, Jorge Santos lembrou que o Parlamento tem aprovado todas as reformas no sector da saúde para a motivação dos profissionais, bem como na criação das suas Ordens e de todas outras classes profissionais atinentes à saúde.
“Isto tudo é que permite defender os interesses dos profissionais, criando condições de motivação para um trabalho humano, mais interessado e mais profissional”, frisou Jorge Santos, classificando de positiva a evolução na tabela de prestação e de cuidados.
Neste particular, o líder da casa parlamentar cabo-verdiana esclareceu que existem taxas que foram isentas e outras diminuídas, apontado que se trata de um processo que está relacionado com sustentabilidade do sistema nacional de saúde
“Eu tenho que pagar porque posso, mas se não consigo pagar tenho que ter os mesmos serviços?”, questionou Jorge Santos, defendendo que tem que haver um equilíbrio entre os que podem pagar e aqueles que não podem pagar a taxa de prestação e de cuidados.
Por sua vez, o presidente do conselho de administração do HAN, Imadoeno Cabral, anunciou um conjunto de medidas, com o destaque para a criação de estrutura de suporte a nível de serviços de diagnóstico e aquisição de novos equipamentos.
Em relação à nova tabela de cuidados, o responsável disse que vai ajudar o hospital na melhoria na área materna infantil, na gratuitidade em termos de prestação de serviços, assim como para as pessoas que têm dificuldades de rendimentos.
Imadoeno Cabral informou ainda que, a nível de serviços, o HAN vai criar a primeira unidade de cuidados intensivos para reforçar o seu papel de hospital central, de modo a reduzir as evacuações, dar suporte aos doentes críticos e reforçar a área de cardiologia.
“São valências que o hospital vai ganhando e acreditamos, mas há ainda um longo caminho a percorrer”, notou aquele responsável, garantindo que neste momento todas as máquinas do hospital estão a funcionar.

Dans la même catégorie