GNA Vodafone Foundation donates PPE to Accra Regional Hospital GNA Koforidua Regional hospital offers free cataract surgery GNA NPP’s side constitutes the Majority in Parliament-Speaker Bagbin APS COVID-19 : SUSPENSION DES VISITES AUX DÉTENUS À PARTIR DE LUNDI APS KAOLACK : LES AUTORITÉS SANS NOUVELLES DE 33 PERSONNES POSITIVES À LA COVID-19 APS BAISSE DES INDICATEURS LIÉS AUX ACCIDENTS DE LA CIRCULATION À FATICK (SAPEURS-POMPIERS) AIP International/ Mastercard Global Outlook 2021 souligne la transition permanente vers le numérique (Rapport) AIP Un nouveau DGA au DC/BR de l’UEMOA AIP Législatives 2021: Le RHDP peine à désigner un candidat à Grabo AIP Inter/ Le SG de l’ONU nomme la Guinéenne Bintou Kéita à la tête de sa mission en RDC

Cabo Verde vai definir regras para época festiva para evitar aumento de casos de covid-19


  3 Décembre      11        Société (27295),

   

Praia, 03 Dez (Inforpress) – O director nacional da Saúde, Jorge Noel Barreto, disse quarta-feira que, “provavelmente”, o Governo vai delinear medidas a serem cumpridas na época festiva, Natal e Fim-do-Ano, visando evitar o aumento de casos da covid-19.
Jorge Noel Barreto fez estas afirmações após sair do encontro que manteve, esta tarde, com o Presidente da República, com quem abordou questões sobre as medidas de prevenção para estas épocas festivas e a vacina.
“O Presidente está bastante preocupado com a época festiva que se aproxima e com o facto de, até que ponto, a população cabo-verdiana vai cumprir as regras de prevenção sem sair à rua para festejar”, asseverou.
Segundo o director nacional da Saúde, o Governo vai tomar medidas a serem cumpridas nesta época festiva, que passarão por medidas de prevenção em que as festas realizadas, habitualmente, provavelmente não serão possíveis este ano.
Ainda Jorge Barreto, nestas festas há a necessidade de um maior cumprimento das medidas de prevenção, pois, a luta contra a covid-19 ainda não está ganha, pelo que apela a todos a marcarem a diferença nesta época, restringindo-se às famílias mais próximas e em número reduzido.
“Se isso não acontecer corremos o risco de descontrolar e a situação poderá priorar”, advertiu.
Além das preocupações com a época festiva, o director nacional da Saúde avançou ter abordado com o Presidente da República questões sobre a vacinação.
Lembrou que, na primeira fase, nem todos serão vacinados e realçou que quando for a hora certa o país dirá quem serão os alvos na primeira fase da vacinação contra a covid-19.

Dans la même catégorie