ANP Cinq nouveaux Ambassadeurs présentent les copies figurées de leurs lettres de créance au Ministre des Affaires Etrangères ANP Niger : Ouverture de la 2ème Session Ordinaire au titre de l’année 2020 du Parlement nigérien ANP Niger : Prestation de serment des membres du Conseil National de Régulation de l’ARSN INFOPRESS Turismo de Cruzeiro: Enapor previu crescimento de 14% de escalas – covid-19 vai obrigar a “redução significativa” INFOPRESS Andebol/Mundial’2021: Paulo Moreno, capitão do Benfica, convocado para a selecção de Cabo Verde INFOPRESS Covid-19: Preço do teste PCR para viagens internacionais fixado em 11 mil escudos GNA Obetsebi Lamptey roundabout closed to traffic GNA Total of 5,200 basic and 79 SHS to be disinfected in Northern Region GNA Association of Lotto Marketing Companies, NLA and KGL partner for Welfare fund INFOPRESS Covid-19: Cabo Verde regista mais um óbito e 67 novos casos positivos

Governo prepara mais um voo de repatriamento de cabo-verdianos retidos no estrangeiro


  2 Septembre      9        Politique (11362),

   

Cidade da Praia, 02 Set (Inforpress) – O Governo está a programar mais um voo de repatriamento de cabo-verdianos, para o dia 09, que estão retidos no estrangeiro, via Dakar, com apoio das autoridades senegalesas, anunciou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades.

Para além dos voos já anunciados de repatriamento de oito estudantes de Macau e 22 da China, Luís Filipe Tavares informou à imprensa, no final de encontro com 10 estudantes cabo-verdianos que regressaram do Brasil no dia 24, num voo de repatriamento com 140 estudantes, que mais voos estão a ser programados.

“Estamos a ver a possibilidade de realizarmos em parceria com as autoridades senegalesas mais um voo do Senegal para Cabo Verde para trazer outros cabo-verdianos que conseguiram viajar de outros países para Dakar e depois de Dakar para Cidade da Praia, ou seja, de ontem para hoje já há novidade“, disse, sublinhado que são cabo-verdianos retidos no exterior há quatro ou cinco meses e que precisam regressar à casa.

Do mesmo modo, adiantou que estão a programar um voo de repatriamento de estrangeiros retidos em Cabo Verde, conjuntamente com os seus respectivos países, para viajarem para Dakar e de lá seguirem viagem para os seus países de origem.

Questionado sobre o esforço financeiro do Governo na realização desses 17 voos de repatriamento, Luís Filipe Tavares acentuou que o mais importante não é o custo, mas sim a “solidariedade e o aspecto humano dessa operação”.

“Já trouxemos aproximadamente 1300 pessoas, ainda não fizemos os cálculos financeiros de todas essas operações já realizadas. Agora, por exemplo, com o Brasil trouxemos 140 estudantes que estavam lá e é uma operação que custou, mas eu penso que quando se trata de servir, de trazer para casa pessoas aflitas, o custo financeiro não é o mais importante”, sublinhou.

Instado ainda sobre a retoma dos voos comerciais internacionais, Luís Filipe Tavares informou que vão continuar, durante o mês de Setembro, com o corredor aéreo com Portugal, uma vez que o nível de incidência da pandemia da covid-19 em Cabo Verde é elevado.

O País regista ainda 100 casos por 100 mil habitantes, o que considerou ser elevado em relação a média mundial, por isso é necessário muito trabalho para baixarem esses números.

“Temos de baixar este nível consideravelmente, mas estamos muito determinados em fazer bem o nosso trabalho e acreditamos que se conseguirmos todos baixar o nível de contaminação em Cabo Verde vamos conseguir facilitar o trabalho do Ministério dos Negócios Estrangeiros nas negociações com os outros países, no sentido de termos abertura das fronteiras nos dois sentidos, Cabo Verde-mundo e mundo -Cabo Verde”, finalizou.

De recordar que no dia 04 está previsto um voo de repatriamento de oitos estudantes do Macau para Cabo Verde e nos próximos dias será anunciado o voo de regresso dos 22 estudantes da china.

Dans la même catégorie