ATOP FLAMBEE DES CONTAMINATIONS DANS LE GRAND TONE : PR DJIBRIL MOHAMAN RAPPELLE LES DISPOSITIONS PRISES POUR CONTENIR LE VIRUS APS SÉDHIOU : PLUS DE 60 MILLIONS DE FCFA POUR LA CONSTRUCTION D’UN BLOC MARAÎCHER ET D’UNE CENTRALE SOLAIRE À DIAMALATHIEL APS ACCORD DE PARIS : LA RÉINTÉGRATION DES ETATS UNIS « TRÈS SALUTAIRE », SELON UN OFFICIEL ATOP L’IRES-RDEC ET LE WANEP-TOGO SIGNENT UNE CONVENTION DE COOPERATION ATOP PLUS DE 300 MORTS DENOMBRES SUR LES ROUTES SELON LE MINISTRE DE LA SECURITE ATOP LE PREMIER MINISTRE INAUGURE LES BUREAUX ANNEXES DU FUTUR SIEGE GNA EC to conduct Council of State elections on February 12 GNA Asante-Akim Central Assembly presents school furniture to education directorate GNA Stationery dealers see surge in sales after school reopening ABP Coopération / Plus de 5.000 bavettes aux collèges privés pour lutter contre la propagation de la COVID-19 à Kandi

Maio/Covid-19: Edil exorta maienses a respeitarem as normas sanitárias nesta época festiva


  31 Décembre      16        Société (27589),

   

Porto Inglês, 31 Dez (Inforpress) – O edil maiense, Miguel Rosa, exortou hoje os maienses a respeitarem e a seguirem as normas sanitárias nesta época festiva para se evitar a propagação do vírus na ilha, mas “sem alarmismo”, bastando cumprirem as regras.
Em declarações à Inforpress, o autarca maiense começou por lembrar que ao longo desses meses as instituições locais fizeram um “trabalho árduo” para atrasar a chegada e a propagação do vírus na ilha, mas, conforme admitiu, “infelizmente” tem aparecido alguns casos nos últimos dias, por isso aproveitou a ocasião para apelar aos maienses que continuem a respeitar as normas sanitárias e evitarem a aglomeração.
“Acredito que os maienses vão respeitar as normas de segurança sanitária e as orientações, porque se continuarmos com esta situação vamos sentir algum impacto, até a nível económico, porque, por exemplo, as pessoas que antes vinham passar fim-de-semana poderão não estar dispostas a virem à uma ilha sabendo que depois terão que fazer um teste para regressarem”, adiantou.
Deste modo, Miguel Rosa voltou a apelar às pessoas a continuarem a usarem as máscaras, álcool gel e, acima de tudo, evitar a aglomeração nesta época festiva, lembrando que haverá ainda “ muitas festas pela frente”, pelo que é preciso algum sacrifício, mas sem alarmismo basta que cada um cumpra o seu papel”
Na segunda-feira, o director Nacional da Saúde informou que a partir daquele momento, as pessoas que querem viajar da ilha do Maio para Cidade da Praia devem realizar teste rápido e só em caso de o resultado for negativo é que poderão viajar, tendo em conta o aparecimento de casos frequentes na ilha nos últimos dias.

Dans la même catégorie