INFOPRESS Bailarino Djan Neguim impulsiona criação da Rede de Dança da CPLP Inforpress Bailarino Djan Neguim impulsiona criação da Rede de Dança da CPLP GNA Corruption: Government must pay attention to internal auditing GNA Dr Bawumia is an embodiment of competence– Friends ANG Forças Armadas/Conselho do CEMGFA apela militares a se absterem da política partidária AIP Le gouvernement veut propulser définitivement la Côte d’Ivoire au rang des pays à revenus intermédiaires AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Filets sociaux productifs : la Banque mondiale renouvelle sa confiance en l’Etat ivoirien AIP Côte d’Ivoire-AIP/ La participation du secteur privé annoncé au séminaire gouvernemental Inforpress São Vicente: Problema de escassez de ovos no mercado resolvido só em meados de Maio – director da Sociave Inforpress Santiago Norte: Profissionais de saúde da linha da frente no combate à covid-19 já foram todos imunizados

Níger/opositor reivindica vitória na eleição presidencial com 50,3%


  24 Février      15        Politique (16257),

   

Bissau, 24 Fev 21 (ANG) – O candidato da oposição no Níger, Mahamane Ousmane, reivindicou a vitória na eleição presidencial no país no último domingo (21), num discurso enviado para a imprensa após o anúncio oficial de resultados provisórios da Comissão Eleitoral, apontando o candidato pró-governo, Mohamed Bazoum, como vencedor.
« A compilação dos resultados em nossas mãos por intermédio dos nossos delegados nas diferentes secções de votação nos dá como vencedores, com 50,3% dos votos », disse Ousmane, falando no seu reduto eleitoral em Zinder, no sudeste do país, num discurso em vídeo recebido pela AFP e autenticado pelos membros do seu partido.

De acordo com a Comissão Eleitoral Nacional Independente (Ceni), em anúncio na terça-feira, Bazoum venceu a segunda volta da eleição presidencial no Níger, com 55,75% dos votos, contra 44,25% de Ousmane.

Herdeiro político do presidente em final de mandato, Mahamadou Issoufou, Bazoum obteve 39,3% dos votos na primeiro volta realizado em dezembro, seguido por Ousmane, com 17%.

As eleições de 21 de Fevereiro foram afectadas pela morte de oito agentes eleitorais. Sete deles morreram na explosão de uma mina, no momento da passagem do seu veículo, na área fronteiriça de Tillaberi, perto de Burkina Faso e Mali.

Dans la même catégorie