ACI Chine : La gouvernance et le développement centrés sur le bien-être du peuple ACI Congo : Les établissements de brassage de la population, un outil précieux contre le tribalisme, selon le président de la république ACI Congo : Un accord d’octroi de crédit conclu entre le Congo et l’Afd AGP Gabon : Ike Ngouoni, une interpellation qui retient l’attention AGP Sport/CAF-Réunion : Le comité exécutif statue sur le cas-Lagardère AGP Mamou-Routes : Un accident de la circulation fait deux (2) morts AGP Labé-Politique : Langage de vérité du Premier Ministre à Labé ANG Jovens homenageiam CEMGFA ANG Missão de Observadores vê criadas condições para processo eleitoral com normalidade ANG As forças de Defesa e Segurança votam hoje

Novo elenco governamental toma posse


  1 Novembre      58       

   

Bissau, o1 Nov 19 (ANG) – O novo Governo da Guiné-Bissau chefiado por Faustino Fudut Imbali com base no Decreto Presidencial Nº15/2019 foi empossado  quinta-feira numa cerimónia presidida pelo Presidente da República cessante José Mário Vaz.

O novo executivo conta com 17 ministérios e 13 secretarias de Estado.

Para o efeito, Jorge Pereira Fernandes Mandinga foi nomeado ministro de Presidência do Conselho de Ministros e dos Assuntos Parlamentares, Aristides Ocante da Silva para o cargo de ministro de Estado dos Negócios Estrangeiros Cooperação Internacional e das Comunidades.

Certório Biote ministro de Estado dos Recursos Naturais e Energia, Abel da Silva Gomes ministro das Obras Públicas, Habitação e Urbanismo, Eduardo Costa Sanhá ministro da Defesa e Combatentes da Liberdade da Pátria e António Suca Intchama ministro do Interior.

No mesmo decreto consta igualmente que, António Artur Sanhá foi nomeado ministro de Justiça e dos Direitos Humanos, Victor Luís Pinto Fernandes Mandinga ministro da economia e Finanças, Sola N’kilim na Bitchita ministro de Administração Territorial e Poder Local e Arcenio Abdulai Djibril Baldé ministro de Educação Nacional e Ensino Superior.

Foram nomeados ainda Rui Nené Djata para o cargo de ministro de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Mussa Samati, ministro de Saúde Pública, Celina Tavares, ministra da Administração Pública, Trabalho, Emprego e Segurança social, Fernando Dias da Costa, ministro das Pescas, Samuel Dinis, ministro de Transportes e Comunicações, Mamai Barbosa, ministra de Mulher, Família e Solidariedade Social e Ilídio Vieira Té, como ministro de Comercio e Indústria.

Dino Seide foi nomeado como secretário de Estado das Comunidades, Helena Said, secretária de Estado da Cooperação Internacional, Mansur Baldé, Secretário de Estado dos Combatentes da Liberdade de Pátria, José Carlos Varela Casimiro, Secretario de Estado do Orçamento e Assuntos Fiscais, Usna António Quadé, Secretario de Estado de Tesouro e Agostinho Costa ,Secretario de Estado do Plano e Integração Regional.

Garcia Bifa Bedeta secretário de Estado do Ensino Superior e Investigação Cientifica, António Deuna, secretário de Estado da Gestão Hospitalar, Maria da Conceição Évora, secretaria de Estado de Juventude e Desporto, Cornélia Aleluia Lopes Man, Secretária de Estado da Cultura, Francelino Cunha, Secretario de Estado da Comunicação Social, Mónica Buaro da Costa, Secretaria de Estado do Ambiente e Biodiversidade e Nhima Sissé, Secretaria de Estado do Turismo e Ambiente.

ANG/AALS/ÂC//SG

Dans la même catégorie