APS THIÈS : 300 MAISONS DÉMOLIES À MBOUR 4 EXTENSION PAR LA DSCOS APS DOCTEUR SALL DE L’INSTITUT PASTEUR : « PAS ENCORE D’INFORMATION SUR LA PRÉSENCE DE NOUVEAUX VARIANTS DU COVID’’ APS COVID-19 : LES AUTORITÉS INVITÉES À VEILLER À « UNE APPLICATION RIGOUREUSE DES MESURES PRÉVENTIVES » APS GESTION DE L’ÉPARGNE : DES CDC OUEST AFRICAINES DONT CELLE DU SÉNÉGAL À L’ÉCOLE DE LA BAD APS ZLECAF : LES ENTREPRISES LES MIEUX PRÉPARÉES VONT TIRER LEUR ÉPINGLE DU JEU (SPÉCIALISTE) ANGOP COVID-19: ANGOLA REGISTA 32 NOVOS CASOS E 17 RECUPERADOS GNA Protect Children from contracting COVID-19- DCE GNA Court remands businessman for defrauding by false pretenses GNA ‘Amewu’s magic’ will be replicated in Akatsi North next election – DCE GNA Applicant has not shown exceptional circumstance for review application of interogatories- EC

Porto Novo: Centro de transformação agro-alimentar em Casa de Meio operacionalizado esta semana – responsável


  7 Janvier      7        Agriculture (1843),

   

Porto Novo, 07 Jan (Inforpress) – O centro de transformação agro-alimentar em Casa de Meio, no concelho do Porto Novo, em Santo Antão, começa a produzir para o mercado a partir deste sábado, 09, envolvendo um grupo de 20 mulheres, dessa zona agrícola.
A informação foi avançada pela presidente da Associação dos Jovens Agricultores da Casa de Meio, Otelinda Medina, que adiantou que as mulheres foram já formadas em técnicas de transformação agro-alimentar e de produção agrícola moderna, estando, por isso, preparadas para este desafio.
O centro de transformação agro-alimentar em Casa de Meio, inaugurado em Novembro, foi instalado no quadro do projecto “Jovens agricultores” nessa localidade, que beneficiou 33 jovens agricultores locais, com parcelas e kits de rega gota-a-gota para a exploração agrícola.
Otelinda Medina realça a importância do projecto na vida desses jovens, acrescentando que o centro de transformação agro-alimentar vai ser uma fonte de rendimentos para as 20 mulheres beneficiárias, contribuindo, assim, para a redução da pobreza, nessa zona.
A transformação de produtos agrícolas constitui uma aposta dos agricultores em todo o concelho do Porto Novo, que, ainda este ano, vai ganhar mais dois centros de transformação agro-alimentar, os quais vão ser instalados no Tarrafal de Monte Trigo e em Alto Mira.
No caso do Tarrafal de Monte Trigo, o centro se enquadra no projecto de reforço do cultivo do inhame nessa zona, que arranca agora em Janeiro, segundo o delegado do Ministério da Agricultura e Ambiente no Porto Novo, Joel Barros.

Dans la même catégorie