AIP Communiqué du Ministère de la Santé et de l’Hygiène Publique : Point de la situation de la COVID-19 au 20/09/2020 APS VINGT-SIX NOUVELLES INFECTIONS DE COVID-19 APS MACKY SALL SOULIGNE L’IMPORTANCE POUR LES PRODUCTEURS DE CONSTITUER DES COOPÉRATIVES AGRICOLES AIP Les membres du Rotory de Daloa et de Bouaflé à œuvrer pour le bien-être des populations malgré la pandémie de la Covid AIP Les leaders communautaires de Man sensibilisés sur la pratique de l’avortement thérapeutique AIP Cinquante tricycles remis aux femmes du Gôh, dans le cadre du programme social du gouvernement AIP Le plan national de gouvernance expliqué aux acteurs de la société civile de Daloa AIP Une campagne de sensibilisation sur la prévention des conflits électoraux lancée à Man AIP Une coordination des cadres du RHDP de Ferkessédougou installée AIP Le Conseil régional du N’zi offre des complets de pagne aux femmes de la région

Santo Antão: Porto Novo comemora Dia do Município criado há 58 anos


  2 Septembre      4        Politique (11220),

   

Porto Novo, 02 Set (Inforpress) – Porto Novo, Santo Antão, comemora hoje, sem pompa, o Dia do Município, criado a 02 de Setembro de 1962, com elevação do então posto administrativo à condição de concelho, por despacho do então ministro do Ultramar, Adriano Moreira.
Através do diploma legislativo ministerial, publicado no Boletim Oficial de Cabo Verde número 35, de 02 de Setembro de 1962, Adriano Moreira extinguia o posto administrativo do Porto Novo, que fazia parte do município do Paul, e criou o concelho com o mesmo nome, integrando as freguesias de São João Baptista e do Santo André.
Para justificar a decisão, o ministro do Ultramar alegou razões como “a difícil orografia” de Santo Antão, as dificuldades de comunicação, sobretudo da freguesia de Santo André com a então vila das Pombas, sede do município do Paul, e a conclusão do cais acostável, precisamente em 1962.
Adriano Moreira fundamentou ainda a decisão de criação do concelho do Porto Novo com abertura ao trânsito, que viria a acontecer em 1963, da estrada via montanha que ligava o sul de Santo Antão com o complexo hidrográfico da Ribeira Grande, no norte da ilha.
Porém, o Dia do Município do Porto Novo, este ano assinalado apenas com actividades desportivas, só a partir de 1993 passou a ser comemorado a 02 de Setembro, na sequência de uma deliberação da Assembleia Municipal, tomada em Outubro de 1992.
Até à data, a efeméride, feriado municipal, era assinalada a 24 de Junho, dia de São João Baptista, santo padroeiro do concelho.
O dia 02 de Setembro, uma data carregada de simbolismo para os porto-novenses, coincide ainda com o aniversário da cidade do Porto Novo (a então vila do Porto Novo foi elevada à categoria de cidade a 02 de Setembro de 2005).
O Dia do Município do Porto Novo, assinalado, geralmente, com uma sessão solene da Assembleia Municipal e pelo festival musical da praia de Curraletes, passa, este ano, praticamente, despercebido devido, sobretudo, à pandemia de covid-19, sendo marcado apenas com provas de ciclismo, atletismo e bodyboard, segundo um programa divulgado pela edilidade.
Esta data assinala-se, também, num “momento difícil” para Porto Novo, marcado por três anos de seca consecutivos e pelos efeitos da pandemia de covid-19, que, segundo o edil, Aníbal Fonseca, tornaram “a vida muito difícil” para os porto-novenses.
Com uma população à volta de 17 mil pessoas, Porto Novo debate-se ainda com uma elevada taxa da pobreza, que atinge mais de metade da população (51%), e o desemprego, que afecta 25% da juventude local.
A ampliação do porto, a construção de um cais de pesca e de um hospital, bem como o desencravamento das comunidades e alargamento da taxa de cobertura da população com água canalizada são alguns desafios apontados pelos municípios, que destacam ainda o aeroporto.
JM/CP
Inforpress/Fim

Dans la même catégorie