GNA Afenyo-Markin, Naana Eyiah present Science equipment worth GHC 90,000 to Jukwa SDA SHS GNA Coding Caravan: Don’t use ICT to join bad companies – pupils cautioned GNA GTEC ready to facilitate teaching and learning of German Language GNA Mewe Starchild Sch. Complex wins Gomoa Nyanyano Inter-Schools quiz competition GNA North Dayi DCE to support Anfoega SHS with musical instruments GNA Volta GES remembers sacrifice of Soweto school children for right to education GAN High interest rates collapsing poultry industry-Poultry Farmers   GNA Ghana’s service sector to contribute 51 per cent of youth employment by 2030–World Data Lab GNA Political commitment critical in making African Audit institutions independent GNA Ghana must strategically position industries to harness global economic opportunities- Prof. Agyapong

Covid-19: Federação Cabo-verdiana de karaté adopta formações on-line durante a pandemia


  13 Juillet      26        Sport (7933),

   

Cidade da Praia, 13 Jul. (Inforpress) – A Federação Cabo-verdiana de Karaté (FCK) revelou que, no cumprimento das orientações do Governo relativamente a suspensão de actividades desportivas, vai apostar em formações on-line para a capacitação dos técnicos e dirigentes da modalidade durante a pandemia.
O presidente da FCK, João Carvalho Correia, disse sexta-feira à Inforpress que esta estratégia foi adoptada com o propósito de acautelar toda a comunidade karateca, já que se trata de uma modalidade cuja actividade requer “uma aglomeração muito próxima entre os seus praticantes”, formato “incompatível com as recomendações dos serviços de saúde”.
À Inforpress, João Carvalho Correia disse que a Federação tem feito algumas formações paralelas on-line, a nível de arbitragem, técnica e administrativa, de forma muito pedagógica, no quadro das recomendações e orientações da Federação Mundial (WKF) e da Federação Africana de Karaté (FAK).
Carvalho informou que a partir das suas residências, os atletas têm estado a seguir as orientações nas plataformas de comunicação criadas para o efeito.
Particularmente, revelou que na ilha de São Vicente tem decorrido uma actividade formativa a nível de treinadores, ministrada pelo técnico Rui Spencer e que tem decorrido “muito bem” e que acções idênticas vão ser realizadas nas outras ilhas, desde que haja meios para a sua materialização.
“Isto para podermos munir os técnicos de capacidades formativas nesta época de pandemia. Toda a cautela é pouca (…) e houve a necessidade de capacitar os técnicos, com formações específicas, de modo desencravar actividades na presente conjuntura”, explicitou o dirigente do karaté cabo-verdiano.
Em relação à competição, ressalvou que a FCK, “por imperativo da situação”, teve de cancelar todas as actividades, à semelhança das restantes federações, “precisamente por falta de condições” e que a época vai ser atípica, “sem vencedores ou campeões”, por culpa da própria natureza da pandemia do novo coronavírus da covid-19.
Contando com a compreensão dos seus atletas perante esta contrariedade, João Carvalho reforçou a sua mensagem junto da comunidade educativa do karaté, no sentido de todos redobrarem os cuidados consoante as orientações governamentais e das autoridades sanitárias no combate à pandemia.
“Assim que a situação for esclarecida, retomaremos as nossas actividades pelo que toda a classe está convidada a continuar a dar o seu contributo para o desenvolvimento da modalidade”, rematou.

Dans la même catégorie


Choix de l’éditeur