AIP Côte d’Ivoire-AIP/ COVID-19: Cent quarante-quatre nouveaux cas enregistrés lundi APS MACKY SALL PROMET UNE RÉORIENTATION DES ALLOCATIONS BUDGÉTAIRES EN FAVEUR DE L’EMPLOI APS LE CHEF DE L’ETAT ANNONCE L’ALLÈGEMENT DU COUVRE-FEU À DAKAR ET À THIÈS APS L’ÉDITION 2021 DE LA CAN U17 ANNULÉE (MÉDIAS) APS DES FEMMES LEADERS POLITIQUES ET DE LA SOCIÉTÉ CIVILE POUR UN DIALOGUE CONSTRUCTIF APS HIÈS REÇOIT SA DEUXIÈME DOTATION DE VACCINS ANTI-COVID GNA COVID-19 Vaccination: GHS vaccinates 300,000 people within a week ANGOP COVID-19: ANGOLA DETECTA VARIANTES SUL-AFRICANA E INGLESA ANP Diffa : Forte mobilisation des femmes à la célébration de la journée du 8 mars dans la ville ANP Présidentielle au Niger : Mahamane Ousmane dépose un recours devant la Cour Constitutionnelle

Assembleia Nacional equipada com parque solar fotovoltaico financiado pela cooperação luxemburguesa


  29 Janvier      19        Economie (11267),

   

Cidade da Praia, 29 Jan (Inforpress) – A Assembleia Nacional já conta com um parque solar fotovoltaico, financiado pela cooperação luxemburguesa, no valor de 135 mil euros, implementado pelo Centro de Energias Renováveis e Manutenção Industrial (CERMI).
O projecto consistiu na instalação de um sistema de instalação de energia solar fotovoltaica com a potência de 122 quilowatts, que permitirá à administração da Assembleia Nacional uma poupança superior a 27 por cento (%) do total da energia eléctrica consumida
O presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos, no discurso de inauguração do parque fotovoltaico, depois de enaltecer a cooperação entre Cabo Verde e Luxemburgo, considerou que este centro de energias apresenta vantagens consideráveis na eficiência energética da Casa Parlamentar.
“Acresce ainda o facto de uma boa parte da energia produzida, nos fins-de-semana e feriados, ser lançada na rede pública, o que será contabilizada para o ajuste de contas com a empresa fornecedora de electricidade”, frisou.
Jorge Santos enalteceu, igualmente, o trabalho realizado pelo CERMI, na elaboração do projecto técnico e, também, pelo facto de inscrever a Assembleia Nacional como produtor independente certificado.
“Esta obra merece a nossa reflexão conjunta sobre os caminhos a seguir para a conquista da soberania energética e materialização das nossas obrigações internacionais em matéria de combate à emissão de gases de efeito de estufa”, apontou o presidente da Assembleia Nacional.
Por sua vez, o encarregado de negócios do Grão-Ducado do Luxemburgo em Cabo Verde, Marc de Bourcy, disse que este projecto demonstra o engajamento da cooperação entre os dois países.
De acordo com o responsável, a instalação deste sistema de produção de energia na “casa da democracia” cabo-verdiana é uma prova do “envolvimento ambicioso” de Cabo Verde nas energias renováveis.
Luís Teixeira, presidente do Conselho de Administração do CERMI disse que este projecto se enquadra dentro da estratégia de promoção dos estágios profissionais da empresa e do programa do Governo de transição energética.
O parque fotovoltaico conta com 396 painéis, com a potência de 100 quilowatts para cada inversor, numa área de 618 metro quadrado.

Dans la même catégorie