MAP Côte d’Ivoire: le gouvernement examinera l’octroi à l’opposition d’un poste de vice-président à la Commission électorale MAP Côte d’Ivoire/présidentielle : 7 morts dans des heurts près d’Abidjan MAP Nigeria: des hommes armés tuent 20 villageois dans le nord-ouest AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Le PM Hamed Bakayoko échange avec les ambassadeurs des pays membres du Conseil de sécurité AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Dialogue politique: Le gouvernement accède à la demande de restructuration de la CEI formulée par l’opposition AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Présidentielle 2020 : Anoblé explique les enjeux de la candidature de Ouattara aux chefs de communautés de San-Pédro AGP Media/Obsèques feu Ben Daouda Sylla : L’ex-directeur général de l’AGP a regagné sa dernière demeure à Conakry. AGP Labé/ Présidentielle 2020 : les activités toujours paralysées et des blessés enregistrés à l’hôpital régional. APS LE DG DE L’ISRA DÉPLORE LES PERTES OCCASIONNÉES PAR LES BIO AGRESSEURS APS ADOPTION D’UNE SÉRIE DE DÉCRETS RELATIFS AUX ACTIVITÉS PÉTROLIÈRES ET GAZIÈRES

Eleição na FFGB/Paulo Mendonça desiste da corrida à presidência da organização


  29 Septembre      11        Politique (12126),

   

Bissau,29 Set.20(ANG) – O candidato à presidência da Federação de Futebol da Guiné-Bissau(FFGB), Paulo Mendonça, anunciou na tarde de segunda-feira, ,a sua desistência da corrida ao cargo do organismo que dirige o futebol guineense .

Mendonça disse que fê-la através de uma carta endereçada à Comissão Eleitoral que organiza as eleições, no dia 30 deste

mês.
Na carta entregue por volta das 13 horas, citada pelo jornal o Democrata Mendonça justifica a decisão com o que diz serem “incongruências, falta da transparência e de coerência na administração e organização do processo eleitoral”, e que, segundo a sua versão, “violam os estatutos e o regulamento eleitoral”.

Em conferência de imprensa realizada na sede do Sport Bissau e Benfica, Paulo Mendonça mostrou-se insatisfeito com a decisão da Comissão Eleitoral de readmitir a candidatura de Carlos Teixeira “Caíto”, que chegou de desistir da corrida a favor do presidente cessante ,Manuel Irénio Nascimento Lopes(Manelinho).

Criticou também a persistência da comissão em realizar a assembleia-geral na sede da FFGB, situada no Alto Bandim, em Bissau, porque “no passado, o Alto Comissariado de Luta contra a Covid-19 alegou que o espaço não reunia as condições para o cumprimento das regras do distanciamento social”.

“Diversas vezes tentei mostrar aos membros da comissão que devem ser isentos e transparentes, mas não foi o caso. Infelizmente, readmitiram a candidatura de uma pessoa que tinha desistido, por isso, eu acho que esta decisão é anti-estatutária e não posso participar naquele ato”, explicou.

Preocupado com a situação, Mendonça, que foi dirigente desportivo e antigo membro do Comitê Executivo da FFGB, entende que a comissão tinha todas as condições para organizar o processo eleitoral fora das instalações do órgão, permitindo assim total transparência à volta do ato.

Questionado pelo O Democrata sobre a possibilidade de o coletivo dos cinco candidatos protestarem na instância judicial para inviabilizar o ato marcado para o dia 30 de setembro, Mendonça diz não ter informações sobre essa alegada pretensão.

Mendonça denunciou o envolvimento da classe política no processo eleitoral para escolher o sucessor do presidente cessante da FFGB, sem mencionar nomes das pessoas a que se refere.

O dirigente desportivo fez lembrar ao executivo que tem obrigação de coabitar com qualquer candidato eleito pelos associados e clubes filiados no órgão, a fim de trabalharem para o desenvolvimento de futebol nacional.

Sobre a possibilidade de apoiar um dos candidatos do coletivo, Mendonça mostrou-se aberto neste sentido.

O ato eleitoral está marcado para amanhã, quarta-feira, 30 de Setembro na sede da fFFGB. Com a desistência de Mendonça restam cinco candidatos: António Patrocínio, Benelívio Cabral Nancassa Ínsali, Carlos Teixeira (Caíto) Fernando Tavares (Bené) e Mutaro Bari.

Dans la même catégorie