APS MOUSSA BALDÉ : ’’LE MAER TABLE SUR 4 MILLIONS DE TONNES DE CÉRÉALES L’ANNÉE PROCHAINE’’ APS SIGNATURE DE PROTOCOLES D’ACCORD POUR RENFORCER LA COOPÉRATION GNA Christians advised not to be complacent about Covid-19 MAP Egypte: des nouveaux « trésors » archéologiques dévoilés au public GNA GES Director assure parents of children safety in school GNA La Pleasure Beach priorities safety protocols as revelers visit GNA FDA destroys unwholesome goods in Cape Coast GNA Total disregard for Covid-19 Safety Protocols at various Markets GNA Ghanaian Ahmadis to benefit from new terrestrial TV Channel GNA Noguchi Memorial Institute investigates alleged falsification of COVID-19 test results

Infraestruturas rodoviárias/Governo e BADEA rubricam acordo para o asfaltamento de 80 km de estradas


  15 Décembre      15        Economie (10811),

   

Bissau,15 Dez 20(ANG) – O Governo através do ministro das Finanças, rubricou hoje um acordo com o Banco Árabe para o Desenvolvimento Económico de África(BADEA) para o asfaltamento de 80 quilómetros de estradas em diversas localidades do país.

Na ocasião, João Aladje Mamadú Fadiá disse que o projecto orçado em 40 mil milhões de francos CFA irá abranger o asfalto do troço Gabú/Pirada no leste do país e a construção da estrada que liga Antula ao sector de Nhacra, como a segunda saída de capital para o interior do país.

Segundo Fadia, o BADEA é uma instituição bancária multilateral que tem estado a cooperar com a Guiné-Bissau já há muitos anos, nomeadamente para a construção das estradas Bissau/Quinhamel,Bissau/Prábis e o Porto de Bissau, em 1980.

O governante referiu ainda que em 2017 o BADEA financiou para a Guiné-Bissau a aquisição de um grupo de geradores de 22,4 megawats e ao mesmo tempo deu um donativo de 500 mil dólares ao país para investir na energia solar , concretamente para a iluminação de escolas, hospitais e ruas do sector de Quinhamel, região de Biombo.

Disse que o Director Geral do BADEA, Sidy Ould Tah, quem assinou o acordo, veio à Bissau no quadro do lançamento de uma nova estratégia do banco que pretende tornar mais visível a cooperação que tem desenvolvido com a Guiné-Bissau ao longo dos anos.

João Aladje Mamadú Fadiá salientou que desde segunda-feira que estiveram reunidos com a delegação do BADEA e todos os bancos comerciais do país, tendo em conta que uma das linhas de actuação do BADEA passará pelo financiamento do sector privado”, disse.

Afirmou que o referido encontro serviu para o director geral da BADEA anunciasse a possibilidade de estabelecer linhas de crédito a ser utilizados pelos bancos no financiamento do sector privado..

Adiantou que em Janeiro de 2021 chegará ao país uma missão técnica de avaliação de todas as necessidades da Guiné-Bissau visando implementação prática do acordo ora assinado.

No âmbito de sua estada em Bissau, o Director-geral do BADEA, Sidy Ould Tah manteve segunda-feira um encontro com o vice-Primeiro-ministro, Soares Sambú durante o qual as partes identificaram as necessidade de financiamento do Governo, particularmente nos domínios de agricultura, comércio e infraestruturas.

Segundo Ould Tah, o encontro permitiu ter uma visão global das necessidades e das prioridades
do país plasmados no Plano Nacional de de Desenvolvimento.

Dans la même catégorie