STP-Press Ministro Adlander de Matos recebe delegação portuguesa do Ministério de Trabalho numa missão do reforço da cooperação AIP Côte d’Ivoire/Réflexions à Yamoussoukro sur des plans de développement du pétrole et énergie en Côte d’Ivoire AIP Côte d’Ivoire/ La construction d’un pont à deux voies souhaitée sur la rivière Bâ à Broukro-Banouan AIP Côte d’Ivoire/ CEPE 2019: Un taux national de réussite de 84,48% enregistré AIP Côte d’Ivoire/ BTS 2019 : Plus de 360 candidats à Dimbokro APS VERS LA RÉHABILITATION DES CENTRES D’APPUI AU DÉVELOPPEMENT LOCAL (MINISTRE) APS CASAMANCE : DES POURPARLERS RÉCLAMÉS POUR ‘’ÉTEINDRE LES SIGNAUX ROUGES’’ ACP L’évêque de Butembo-Beni plaide pour la catégorisation des refugiés à accueillir GNA ROPAA Committee begins engagement of Diaspora GNA “Rehabilitate our roads”, communities in Ayensuoanu appeal

Regulação: ARME vai passar a difundir programas radiofónico e televisivos na RTC


  22 Avril      18        Médias (3467),

   

Cidade da Praia, 22 Abr (Inforpress) – A Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME) vai passar a difundir programas radiofónico e televisivos para sensibilizar e educar os consumidores e a sociedade civil, sobre os vários assuntos da regulação técnica e económica, da instituição.
Para o efeito, a ARME e a Radiotelevisão Cabo-verdiana (RTC) assinaram hoje, na Cidade da Praia, um protocolo de cooperação, que tem como objectivo central proteger os direitos dos consumidores e promover os operadores.
Após a assinatura do referido acordo, o presidente do conselho de administração da ARME, Isaías Barreto, sublinhou que a instituição tem o “dever legal” de assegurar a protecção legítima dos direitos dos consumidores e promover a sustentabilidade dos operadores.
Por isso, defendeu que a utilização de mecanismos adequados de comunicação é uma das formas de proporcionar aos consumidores informação relevante sobre os seus direitos e o trabalho de regulação.
“Esses programas vão servir para promover a defesa da sustentabilidade dos operadores e nós precisamos de operadores fortes, capazes de fazer investimentos e melhorar a qualidade de serviços prestados aos consumidores”, explicou.
Por outro lado, lembrou que a ARME já tem um portal do consumidor e que vai inaugurar brevemente uma página institucional na perspectiva de melhorar a qualidade do seu serviço.
“Nós queremos uma regulação de excelência e de proximidade em relação aos operadores”, frisou.

Dans la même catégorie