APS REPRISE DES COURS : SEULS 20 % DES ENSEIGNANTS DOIVENT REJOINDRE LEUR POSTE D’AFFECTATION APS COUPE DU MONDE 2018 : LE PATRON DU FOOTBALL BURKINABÈ REVIENT SUR LE MATCH CONTROVERSÉ AFRIQUE SUD-SÉNÉGAL DE 2016 APS LE COMÉDIEN PAPE FAYE ADRESSE UNE LETTRE-VIDÉO AU CORONAVIRUS ‘’TUEUR’’ ACI CONGO/SANTE : NECESSITE DE RENFORCER LE PARTENARIAT POUR AMELIORER L’OFFRE DE LA SANTE AGP Labé-Education: Des listes de 25.613 candidats déposées pour les examens. AGP Yomou/Santé : Une jeune dame de 27 ans donne naissance à un triplé par césarienne APS DES RESSORTISSANTS DE LA RÉGION DE MATAM OFFRENT 110 TONNES DE RIZ AU DÉPARTEMENT DE KANEL APS MAMADOU THIERNO TALLA ANNONCE LE LANCEMENT D’UN JOURNAL ÉCONOMIQUE, L’INFO APS LA FÉDÉRATION SÉNÉGALAISE DE FOOTBALL VA VERSER 343.748.000 FRANCS CFA AUX ARBITRES ET AUX CLUBS GNA COVID-19 control: Sunyani hawkers complain about closure of Bosoma market

Regulação: ARME vai passar a difundir programas radiofónico e televisivos na RTC


  22 Avril      25        Médias (1170),

   

Cidade da Praia, 22 Abr (Inforpress) – A Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME) vai passar a difundir programas radiofónico e televisivos para sensibilizar e educar os consumidores e a sociedade civil, sobre os vários assuntos da regulação técnica e económica, da instituição.
Para o efeito, a ARME e a Radiotelevisão Cabo-verdiana (RTC) assinaram hoje, na Cidade da Praia, um protocolo de cooperação, que tem como objectivo central proteger os direitos dos consumidores e promover os operadores.
Após a assinatura do referido acordo, o presidente do conselho de administração da ARME, Isaías Barreto, sublinhou que a instituição tem o “dever legal” de assegurar a protecção legítima dos direitos dos consumidores e promover a sustentabilidade dos operadores.
Por isso, defendeu que a utilização de mecanismos adequados de comunicação é uma das formas de proporcionar aos consumidores informação relevante sobre os seus direitos e o trabalho de regulação.
“Esses programas vão servir para promover a defesa da sustentabilidade dos operadores e nós precisamos de operadores fortes, capazes de fazer investimentos e melhorar a qualidade de serviços prestados aos consumidores”, explicou.
Por outro lado, lembrou que a ARME já tem um portal do consumidor e que vai inaugurar brevemente uma página institucional na perspectiva de melhorar a qualidade do seu serviço.
“Nós queremos uma regulação de excelência e de proximidade em relação aos operadores”, frisou.

Dans la même catégorie