AGP Mamou- Page Noire : Le Directeur Régional de la Santé de Mamou n’est plus ! AGP Mamou-Media: Formation de 13 points focaux de l’AGP AGP N’Zérékoré/COVID-19 : L’USAID lance un projet de sensibilisation contre le coronavirus dans la région AGP Guinée/Société : Visite de la ministre Hawa Béavogui dans les centres informatiques des CAF AGP Mamou-Election: 473 personnes radiées lors de l’enrôlement exceptionnel (CEPI) ANP Pluies diluviennes à Maradi : 4728 maisons effondrées, 12 décès et 45 blessés dans la région ANP Le Niger se dote d’un Fonds National d’Appui aux PME et PMI (FONAP). ANP Niger : Renouvellement de la prorogation des mandats des conseils municipaux ANP Niger : Le gouvernement proclame l’état d’urgence dans les Départements de Balleyara et de Kollo (Région de Tillabéri). AIP Côte d’Ivoire: L’ANP invite les journalistes à avoir un esprit critique dans le traitement des faits (communiqué)

Regulação: ARME vai passar a difundir programas radiofónico e televisivos na RTC


  22 Avril      25        Médias (1306),

   

Cidade da Praia, 22 Abr (Inforpress) – A Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME) vai passar a difundir programas radiofónico e televisivos para sensibilizar e educar os consumidores e a sociedade civil, sobre os vários assuntos da regulação técnica e económica, da instituição.
Para o efeito, a ARME e a Radiotelevisão Cabo-verdiana (RTC) assinaram hoje, na Cidade da Praia, um protocolo de cooperação, que tem como objectivo central proteger os direitos dos consumidores e promover os operadores.
Após a assinatura do referido acordo, o presidente do conselho de administração da ARME, Isaías Barreto, sublinhou que a instituição tem o “dever legal” de assegurar a protecção legítima dos direitos dos consumidores e promover a sustentabilidade dos operadores.
Por isso, defendeu que a utilização de mecanismos adequados de comunicação é uma das formas de proporcionar aos consumidores informação relevante sobre os seus direitos e o trabalho de regulação.
“Esses programas vão servir para promover a defesa da sustentabilidade dos operadores e nós precisamos de operadores fortes, capazes de fazer investimentos e melhorar a qualidade de serviços prestados aos consumidores”, explicou.
Por outro lado, lembrou que a ARME já tem um portal do consumidor e que vai inaugurar brevemente uma página institucional na perspectiva de melhorar a qualidade do seu serviço.
“Nós queremos uma regulação de excelência e de proximidade em relação aos operadores”, frisou.

Dans la même catégorie