ACI Chine : La gouvernance et le développement centrés sur le bien-être du peuple ACI Congo : Les établissements de brassage de la population, un outil précieux contre le tribalisme, selon le président de la république ACI Congo : Un accord d’octroi de crédit conclu entre le Congo et l’Afd AGP Gabon : Ike Ngouoni, une interpellation qui retient l’attention AGP Sport/CAF-Réunion : Le comité exécutif statue sur le cas-Lagardère AGP Mamou-Routes : Un accident de la circulation fait deux (2) morts AGP Labé-Politique : Langage de vérité du Premier Ministre à Labé ANG Jovens homenageiam CEMGFA ANG Missão de Observadores vê criadas condições para processo eleitoral com normalidade ANG As forças de Defesa e Segurança votam hoje

Circulação de informações nas redes sociais dá mais responsabilidade aos jornalistas – chefes de redacção da Lusa


  18 Juin      8       

   

Praia, 18 Jun (Inforpress) – Os chefes de redacção da agência noticiosa portuguesa (Lusa), Paulo Nogueira e João Pedro Fonseca, defenderam que a circulação de informações nas redes sociais não põe em perigo o jornalismo, mas, muito pelo contrário, dá mais responsabilidade aos jornalistas.
Em conversas com a Inforpress, Paulo Nogueira e João Pedro Fonseca, que estão na Cidade da Praia para ministrar uma formação sobre Jornalismo de Agência aos jornalistas da agência cabo-verdiana de notícias, afirmaram que as redes sociais fizeram com que a informação circulasse quase que sem controlo o que dá aos jornalistas uma maior responsabilidade.
Segundo defenderam, os jornalistas são especialistas da informação e, portanto, as pessoas têm de recorrer aos jornalistas para perceber o que é verdade e o que não o é. Para os chefes de redacção da Lusa, o jornalismo não está em perigo, antes pelo contrário, “o seu papel é cada vez mais importante, cada vez mais forte”.
Uma importância que deve ser assumida, conforme defenderam, principalmente pelas agências noticiosas, que são marcadas pelo rigor. “Somos uma referência para quem consome informação, se sabe que isto é de uma agência é porque é verdadeiro, e é isto que vamos trazer para esta formação”, afirmou Paulo Nogueira.

Dans la même catégorie