AIP Ramadan 2021: Les musulmans de Sikensi invités à se faire vacciner contre la Covid-19 AIP Le préfet annonce le bitumage de 10 km des rues de la ville de Vavoua AIP Quatre morts dans un accident de la route à Tabou AIP Le RAIDH sensibilise sur la paix à Guiglo AIP Une véhicule part en fumée sur l’axe Férédougou-Minignan AIP COVID-19: Quatre nouveaux cas enregistrés jeudi APS MACKY SALL GRACIE 551 PRISONNIERS À L’OCCASION DE LA KORITÉ AIP Un incendie ravage des magasins au marché central de Bonoua AIP Bédié regagne Daoukro après un an d’absence GNA Two jailed 26 years over attempted robbery

Covid-19: Cáritas cabo-verdiana procura parceria para continuar com o projecto “Nina”


  16 Novembre      6        Santé (10345),

   

Cidade da Praia, 16 Nov (Inforpress) – A Cáritas cabo-verdiana encontra-se à procura de financiamento para dar continuidade ao projecto “Nina” e beneficiar os idosos mais vulneráveis do concelho da Praia com uma refeição “nutritiva e de qualidade” bem como cuidado físico e afectivo.
A revelação foi feita esta sexta-feira pela presidente da Cáritas Paroquial de Nossa Senhora da Graça, Fátima Rodrigues, durante a cerimónia de encerramento do projecto e de atribuição de diplomas aos 35 colaboradores, entre jovens voluntários, antenas e presidentes das cáritas paroquiais da cidade.
O projecto foi elaborado no âmbito do acordo de colaboração entre o Ministério da Família e Inclusão Social (entidade financiadora) e a Cáritas cabo-verdiana, no quadro do programa de emergência para a contenção da propagação do covid-19, e visa a assistência aos mais vulneráveis.
“A nossa ideia é alargar e abranger maior número de beneficiários, porque durante a visita efectuada tivemos solicitações de mais pessoas e constatamos também que existe uma tendência cada vez maior de abandono dos velhos, algo que não era comum na cultura cabo-verdiana”, referiu a presidente, que adiantou que o projecto beneficiou 105 idosos acamados e deficientes durante três meses.
Fátima Rodrigues assegurou que a Cáritas está a fazer “todos os esforços e correr atrás” para conseguir uma nova parceria e prosseguir com o projecto ‘Nina’, de modo a continuar a levar aos idosos uma refeição quente, cuidado físico e afectivo.
Por outro lado, adiantou que pretendem implementar também um outro projecto que visa distribuir kits alimentares, higiene, quarto e cozinha, mais cuidados afectivos e espirituais com mensagem de conforto.
Na ocasião, apelou às instituições a abraçarem e darem as mãos a este projecto para continuar a distribuir marmitas, entre almoço e jantar, aos idosos mais vulneráveis das comunidades da Praia.
Assegurou que durante as visitas efectuadas às comunidades, os beneficiários ficaram satisfeitos e agradeceram o empenho da Cáritas e do Ministério da Família e Inclusão Social.
Por seu turno, o pároco da Nossa Senhora da Graça, Edson Bettencourt, afirmou que é necessário fazer um trabalho e uma “maior reflexão” por parte da sociedade sobre os idosos, sendo que existe uma “certa tendência de abandono” dos idosos, sobretudo na comunidade da Praia.
“O papa Francisco durante o seu pontificado tem estado a realçar os valores dos idosos na vida da família como um património da memória de quem já passou por várias situações na vida e que hoje nos ajuda a viver o presente e o futuro, não só, por uma questão humana e crista, mas que valoriza pessoas da nossa relação que hoje está no limite físico, de saúde ou de locomoção”, mencionou.
Segundo o pároco, como o êxodo rural muitos idosos acabam por sair do seu ambiente normal onde têm “uma certa autonomia” para um ambiente fechado, o que provoca várias situações de “pressão e de falta de cuidados” por parte dos familiares.
“São um conjunto de coisas e de situações que a sociedade deve parar e pensar, que não podemos cuidar só daqueles que materialmente esta a dar algum fruto para a sociedade, mas cuidar dos idosos que permitiram com que aquelas pessoas que hoje estão a dar mais frutos e mais rendimento”, sublinhou.
Toda a logística da confecção das marmitas foi feita com colaboração da Cáritas Paroquial de Nossa Senhora da Graça, a partir da cantina do Complexo Educativo Graça da Criança, no Centro Paroquial no Platô.
O projecto, que teve a duração de três meses, custou cerca de três mil contos.

Dans la même catégorie