AIP Côte d’Ivoire-AIP/ La première édition du Salon et des Awards de la presse numérique reportée à fin mars AIP Côte d’Ivoire-AIP/ La GIZ dote le centre d’appel de justice de matériel de téléphonie AIP Côte d’Ivoire-AIP/ L’accréditation permettra à l’Afrique de l’Ouest de tirer profit de la ZLECAf (DG SOAC) GNA Contempt: Supreme Court discharges Ayine GNA OPD attendance in Ketu South in 2020 lowest in five years GNA COVID-19 vaccines are safe/efficacious, disregard misconceptions – Dr Nsiah-Asare MAP Le président de la FIFA salue l’engagement de SM le Roi Mohammed VI en faveur du développement du football national MAP La République du Burundi réitère son appui à l’intégrité territoriale du Royaume et à son unité nationale MAP M. Bourita reçoit son homologue burundais, porteur d’un message du président de la République du Burundi à SM le Roi AIP Côte d’Ivoire-AIP/International/ La BAD contribue à la modernisation de l’aéroport de Bangui et à la sécurité alimentaire en Centrafrique

Mundial de Andebol: Desistência de Cabo Verde confirmada pela Federação internacional de Andebol


  18 Janvier      16        Sport (5306),

   

Cidade da Praia, 18 Jan (Inforpress) – A Federação Internacional de Andebol (IHF, na sigla em inglês) confirmou hoje na sua página oficial a desistência de Cabo Verde no 27º Campeonato do Mundo, que decorre desde 13 de Janeiro no Egipto.
A mesma fonte concretizou que Cabo Verde informou oficialmente a sua retirada da prova, pedido que foi prontamente aceite pelo organismo que rege o andebol mundial.
“A IHF aceitou sua desistência, o que salvaguarda a saúde de todos os atores envolvidos no Campeonato Mundial (…) agora serão tomadas as providências necessárias para que a equipe retorne a Cabo Verde”, lê-se na página do IHF.
Sendo assim, os jogos da selecção de Cabo Verde serão contados com derrotas por 10-0 na última rodada preliminar e na Copa do Presidente, disputados pelas selecções que não atingiram a segunda fase.
Na passada segunda-feira, 11, a selecção nacional suspendeu os treinos de preparação para o Campeonato do Mundo por causa de um surto do novo coronavírus que infectou sete jogadores no estágio que decorria em Portugal.
A selecção, que se preparava para a segunda e última fase dos treinos na cidade de Lisboa, antes da sua partida para o Egipto, palco do Mundial de Andebol, foi surpreendida por um surto que atingiu os jogadores no dia 05, já que dos 15 testes rápidos inicialmente acusados positivos, sete viriam a ser confirmados através de testes PCR.
Cabo Verde chegou a estrear-se na prova e frente à sua congénere da Hungria, com derrota (27-34).
Depois desta partida apareceu mais dois casos positivos razão que levou a não comparência no jogo com a Alemanha e agora confirma a sua desistência por contar apenas com nove jogadores.
De acordo com o Artigo 7º dos regulamentos relacionados ao covid-19 da competição, cada equipa deve ter um mínimo de dez jogadores, incluindo um guarda-redes.
Cabo Verde era uma das 32 selecções do mundo qualificadas para o 27º Campeonato do Mundo de andebol em sénior masculino.

Dans la même catégorie