ANP ‘’Les Emirats Arabes Unis ont beaucoup de respect pour le Niger (…) un pays où je vois beaucoup de développement’’ (Diplomate) AGP COMPTE RENDU DU CONSEIL DES MINISTRES DU JEUDI, 26 NOVEMBRE 2020 GNA We’re building a new Ghana that works – Veep AGP Gabon/Conseil municipal extraordinaire de Libreville: Le projet de budget 2020 rehaussé de plus d’1milliards FCFA AGP Gabon/ Session criminelle pour mineur: 36 mois de prison ferme pour un jeune braqueur AGP Gabon/Koulamoutou: Les établissements privés et confessionnels réclament les kits sanitaires ANP Tahoua : 132 meilleures élèves filles de la région reçoivent officiellement des prix d’excellence ANP Niger : Les Comités de Gestion des Etablissements Scolaires (COGES), sont très importants dans la gestion des écoles AIP Institutions politiques rassurantes et stabilité, une forte attente des populations d’Abengourou AIP Les enseignants du lycée des Jeunes filles de Séguéla instruits sur les droits des enfants

Projecto Procultura PALOP-TL selecciona 25 artistas para residências artísticas na área da música e artes cénicas


  17 Novembre      5        Arts & Cultures (1296),

   

Cidade da Praia, 17 Nov (Inforpress) – O Instituto Camões informou hoje que no âmbito do concurso do Projecto Procultura PALOP-TL foram atribuídas 25 bolsas aos artistas de países de língua portuguesa e Timor Leste para residências artísticas na área da música e artes cénicas.
Segundo uma nota informativa publicada no site do Instituto Camões, os 25 artistas seleccionados nesta 2ª edição do concurso para atribuição de bolsas nas áreas da música e artes cénicas vão frequentar residências artísticas em diversos países como Brasil, Espanha, França, Indonésia, Itália, Malásia, Portugal e Uganda, juntando-se aos 12 artistas já contemplados com este apoio em 2019.
Este concurso, de acordo com a mesma fonte, enquadra-se no âmbito do projecto da União Europeia Procultura PALOP-TL, através da parceria entre Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, IP e a Fundação Calouste Gulbenkian.
Tem como objectivo atribuir 60 bolsas a artistas dos PALOP e de Timor-Leste, nas áreas da música e das artes cénicas, para apoiar a frequência de residências artísticas em países vizinhos, na Europa, Brasil ou Austrália, e entre outros.
A mesma visa ainda contribuir para o conhecimento de outros contextos de criação contemporânea, incentivar o seu reconhecimento e a sua circulação internacional, adiantando que nessa edição foram atribuídas duas bolsas a artistas de Angola, seis a Cabo Verde, uma a Guiné-Bissau, uma a São Tomé e Príncipe, seis a Moçambique e nove bolsas a artistas de Timor-Leste.
Ainda segundo a nota, os resultados do concurso podem ser consultados em: https://gulbenkian.pt/grant/procultura-apoio-a-mobilidade-internacional-de-artistas-dos-palop-e-timor-leste-2/.
Em 2019, 12 artistas de Angola, Cabo Verde e Moçambique foram seleccionados para a frequência de residências na África do Sul, Brasil, Quénia e Portugal, com apoio do referido projecto.
O Procultura é uma acção financiada pela União Europeia que tem como objectivo contribuir para o aumento do emprego em actividades geradoras de rendimento na economia cultural e criativa nos PALOP e Timor-Leste.
Tem como objectivo contribuir para a criação de emprego em actividades geradoras de rendimento na economia cultural e criativa nos PALOP e em Timor-Leste. Está enquadrada pelos princípios do Consenso Europeu em matéria de desenvolvimento nomeadamente, pelo reconhecimento de que a cultura favorece «a inclusão social, a liberdade de expressão, a formação da identidade, o empoderamento civil e a prevenção de conflitos.

Dans la même catégorie