MAP Eliminatoires Mondial Costa Rica (Dames/U20): le match Bénin-Maroc interrompu en raison des intempéries ANP Présidentielle de février 2021 au Niger : Mahamane Ousmane réclame toujours la victoire. GNA Shai-Osudoku Assembly inaugurates classroom project AIP L’UDPCI planche sur son avenir et la situation sociopolitique nationale AIP Emmanuel Ahoutou prend fonction à la tête du Comité de privatisation AIP Le Trésor booste sa stratégie de mobilisation des recettes non fiscales AGP Guinée/Santé : Les regroupements et manifestations de masse autorisés à partir du lundi 27 septembre 2021 (ANSS) AGP Mamou-Coopération: Les nouvelles autorités de Mamou et celles de Kabala, ouvrent officiellement la frontière Guinéo-Sierra Leonaise AGP Guinée : La sage-femme Marie Condé revient sur les grandes lignes de la concertation de l’ONSFMG avec le CNRD GNA MTN donates GHC 100,000.00 to Otumfuo Education Fund

Prémio Jornalismo Financeiro: Primeiro classificado recebe um montante de 250 mil escudos – BVC


  16 Juillet      13        Médias (1871),

   

Cidade da Praia 16 Jul (Inforpress) – O presidente da Bolsa de Valores de Cabo Verde (BVC) anunciou hoje o primeiro classificado do Prémio Jornalismo Financeiro receberá um montante de 250 mil escudos, o segundo 150 mil escudos e terceiro, 100 mil escudos.
Monteiro Miguel que falava à imprensa no acto de apresentação pública do regulamento do Prémio Jornalismo Financeiro, que visa promover e estimular o engajamento dos profissionais da comunicação social, através do estudo e da investigação, adiantou que o prémio abrange todas as categorias de trabalho jornalístico que tenha como tema o mercado financeiro, podendo ser uma reportagem, artigo, notícia e outros.
Segundo este responsável, as inscrições enviadas à Bolsa de Valores de Cabo Verde serão recebidas pela coordenação geral do concurso e submetidas à apreciação do júri, conforme o regulamento aprovado.
O júri será designado pelo BVC, disse, ressaltando que integrará individualidades de reconhecido mérito provenientes das áreas de instituições financeiras e agentes prestadores de serviços auxiliares ao sector financeiro, comunicação social, academia e outros sectores afins.
Miguel Monteiro informou ainda que um concorrente pode participar com quantos trabalhos desejar, porque o que conta é a “qualidade”. Desde que sejam peças de interesse público que consigam incentivar os cabo-verdianos residentes e os da diáspora a investir, a conhecer os instrumentos financeiros, as obrigações azuis, verdes, sociais e sustentáveis.
O presidente fez saber, uma vez mais, que para este ano, de Julho até 31 de Dezembro, os concorrentes deverão enviar os seus trabalhos, e que o prémio é atribuído anualmente, no mês de Maio, no âmbito das comemorações do aniversário da BVC.
O presidente da BVC comunicou, igualmente, que brevemente será disponibilizado um formulário online para as inscrições.
A participação no concurso, conforme o regulamento do concurso, está sujeita a inscrição prévia e individual dos jornalistas que exerçam legalmente as suas funções no território nacional, junto da BVC.
O regulamento diz ainda que os conteúdos a serem submetidos a concurso compreendem o período de Janeiro a Dezembro do ano anterior, e só serão aceites as inscrições realizadas dentro da data limite fixada.

Dans la même catégorie