APS THIÉNABA : DES ’’ÉTUDES SONT EN COURS’’ POUR L’ÉLECTRIFICATION DU VILLAGE DE THIOTY (DG SENELEC) AIP Communiqué du Ministère de la Santé et de l’Hygiène Publique « Point de la situation de la COVID-19 au 23/10/2020 » AIP Côte d’Ivoire-AIP/Présidentielle 2020 : L’UE appelle les acteurs politiques ivoiriens à accélérer le dialogue MAP Guinée/présidentielle : 5 morts dans des violences post-électorales AGP Gabon: Reprise progressive des activités de la Société des bois de Lastourville ANP Niger : Les nouveaux membres du Comité Scientifique du CNRA se présentent au Premier Ministre ANP DIFFA : Cérémonie de présentation de semences améliorées produites par l’ONG WHH AGP Gabon : Evolution de la crise sanitaire, Task force et actualité international au menu du point de presse du Porte-parole de la Présidence APS DEUX PIROGUES DE MIGRANTS CLANDESTINS INTERCEPTÉES CE VENDREDI, AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Le CEECI et plusieurs organisations estudiantines rendent hommage à Alassane Ouattara à l’UAO de Bouaké

Cenorf e Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias contemplam 24 pessoas com aparelhos ortopédicos


  7 Octobre      24        Santé (7775),

   

Cidade da Praia, 07 de Out (Inforpress) – O Centro Nacional Ortopédico e de Reabilitação Funcional (Cenorf), em parceria com a Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias, contemplou terça-feira, no âmbito do projecto Acção Solidária, 24 pessoas portadoras de deficiência física com aparelhos ortopédicos.
A cerimónia de entrega do donativo financiado pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, no valor de 920 mil escudos, aconteceu nas instalações do referido centro, no bairro de Achada de São Filipe, Cidade da Praia.
Segundo o administrador do Cenorf, Alberto Afonso, o projecto iniciou em 2019 com a visita de um casal de missionários daquela igreja, onde foram expostos casos de alguns pacientes sem condições para adquirir os aparelhos ortopédicos, assim como a dificuldade do Cenorf em apoiar os mesmos.
De acordo com o administrador, o valor do projecto é destinado, essencialmente, para a aquisição de matérias primas para a produção de aparelhos ortopédicos, próteses e órteses.
“Tudo foi tratado até final de Dezembro e de Janeiro a Fevereiro já tinham disponibilizado um valor de mais de 700 mil escudos”, contou.
No processo da escolha de paciente, segundo Afonso, adoptaram a metodologia de identificação, avalização por um assistente social para inteirar da sua situação socioeconómica do paciente, para se finalizar com a doação do aparelho.
“Em caso de crianças é muito mais rápido, mas em pessoas amputadas vão ter que passar por todo aquele processo que decorre na hora de amputação”, frisou o administrador, observando que o projecto é nacional e que engloba toda a camada e faixa etária e de Santo Antão à Brava.
Conforme Alberto Afonso, há um número “acentuado” de crianças que beneficiam do projecto, porque deparou-se com muitas com deformidades físicas que necessitam de tratamento de modo a evitar futuras deficiências “acentuadas”.
“Nesse momento, há pessoas que vão iniciar tratamento, tudo por causa da covid-19, pois o projecto era de seis meses, mas infelizmente foi impossível, dificultando uma maior abrangência para as outras ilhas” lamentou o responsável, adiantando que conseguiram identificar pessoas nas ilhas de São Vicente e do Fogo para virem iniciar o tratamento.
Conforme Afonso, até agora são beneficiadas 24 pessoas, tendo em conta o custo “elevado” das próteses, impossibilitando atingir um número “maior”, salientando que têm outros projectos com a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pelo que estão aguardando “feedback” da mesma.
Entre eles, avançou, está a “Cenorf Móvel”, que é um projecto que vai permitir levar o serviço do centro a outros concelhos do País, facilitando o acesso das pessoas de outras ilhas ao tratamento.

Dans la même catégorie