MAP Les pertes d’emplois dans le secteur de l’aviation en Afrique pourraient atteindre 3,1 millions en raison des effets néfastes de Covid-19 (IATA) AGP Labé / Présidentielle 2020 : 50% des cartes d’électeurs déjà retirés en seulement 3 jours AGP Dubréka/Société : Les populations de Dofily dans la rue pour réclamer l’eau et l’électricité. AGP Mamou/Société: Première session du conseil de gouvernance 2020. AGP Média/Page noire : Le journaliste Thierno Diaka Souaré est décédé. AGP Mandiana : découverte du corps d’un jeune homme égorgé et éventré baignant dans une mare de sang. AGP UEFA/Joueur de l’année : Ni Messi ni Ronaldo. ANG Especial 24 de Setembro/Diretor Interino do Liceu Gino Ambrose de Tite diz que Estado “esquece professores” do interior do pais ANG Especial 24 de Setembro/“Houve erros e falta da experiência governativa por parte do partido libertador”, diz Pedro Ussumane Bari ANG Especial 24 de Setembro/Ministro dos Negócios Estrangeiros português em Bissau para aniversário da independência

Indicador de Confiança no Consumidor inverte tendência de estagnação no último trimestre – INE


  4 Août      9        Economie (9726),

   

Cidade da Praia, 04 Ago (Inforpress) – O Indicador de Confiança no Consumidor (ICC) inverteu a tendência de estagnação no último trimestre, situando abaixo da média, e indicando um abrandamento da confiança das famílias cabo-verdianas, informou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).
De acordo com um comunicado do INE sobre o inquérito de Conjuntura no Consumidor, o referido indicador evoluiu negativamente face ao mesmo período do ano 2019.
A mesma fonte indica, uma evolução positiva comparativamente ao trimestre homólogo, avançando que este resultado se deve pela apreciação positiva das famílias sobre a sua situação financeira, a situação económica do país e o desemprego para os próximos 12 meses relativamente ao trimestre homólogo.
“Na opinião dos inquiridos, os preços de bens e serviços diminuíram face ao trimestre homólogo e nota-se que o desemprego diminuiu relativamente ao mesmo período do ano 2019”, aponta o documento.
Relativamente ao item poupança, o documento avança que, a maior parte (92,5%) dos inquiridos no primeiro trimestre do ano de 2020 considerou que, ainda, a actual situação económica do país não permite poupar dinheiro.
“No trimestre homólogo, esse percentual era de 70,2%, o que representa uma diferença de 22,3 pontos percentuais (p.p.) entre os dois períodos. De realçar que 7,2% dos inquiridos afirmaram ser possível poupar algum dinheiro com a actual situação económica do país sendo que, no trimestre homólogo, esta percentagem era de 18,0%, registando uma diminuição de 10,8 %” lê-se no documento.
No que se refere à situação financeira das famílias e à situação económica do país, informa que, para os próximos 12 meses, ambas deverão evoluir negativamente face ao trimestre homólogo.
As famílias inquiridas, refere o ICC, os preços de bens e serviços deverão aumentar e o desemprego deve manter no mesmo nível face ao trimestre homólogo.
Quanto à intenção de comprar ou construir uma casa nos próximos 12 meses, os inquiridos, na sua maioria ( 79%) , são de opinião de que não pretendem comprar nem construir uma casa, acrescentando, por outro lado, que, 2,6% % dos inquiridos  asseguraram que pretendem comprar uma casa ou construir uma casa nos próximos dois anos
Um inquérito de conjuntura no consumidor é um instrumento efectivo de análise e interpretação da evolução da actividade económica no curto prazo.
As perguntas são de carácter qualitativo e reflectem as opiniões das famílias sobre a situação económica e financeira do país, bem como a sua própria situação económica e financeira, avaliando ainda a intenção de poupança das referidas famílias.

Dans la même catégorie